Grândola aprova orçamento de 30,5 milhões para 2020

71
visualizações

O presidente da Câmara, António Figueira Mendes, fala de um orçamento de continuidade focado numa estratégia de desenvolvimento económico e criação de emprego

 

- Pub -

O orçamento para o próximo ano da Câmara de Grândola é de 30,5 milhões de euros. Foi aprovado ontem pela Câmara Municipal e, para o presidente António Figueira Mendes, este “continua a seguir a estratégia iniciada em Outubro de 2013”.

Define o presidente da Câmara que a estratégia de gestão da autarquia está “focada em desenvolver a economia e criar emprego, melhorar e reforçar os serviços públicos, fomentar a coesão social e melhorar a qualidade de vida, e manter uma postura justa, transparente, cooperante e determinada”.

 

O documento aprovado por maioria, com a abstenção de um vereador do Partido Socialista, classifica que o concelho de Grândola “continua a atravessar um dos melhores momentos da sua história”, e que a “dinâmica e correcta gestão autárquica – alicerçada numa situação financeira estável e numa equilibrada situação política, tem permitido a concretização de grandes avanços no desenvolvimento do Concelho e na melhoria da qualidade de vida da população”.

Um dos exemplos citados no comunicado da autarquia é a “capacidade para aproveitar o quadro comunitário em vigor, e concretizar num curto espaço de tempo, diversas obras estruturantes – de grande envergadura, que já ascendem a 19 milhões de euros de investimento total – valor que se prevê que aumente com novas candidaturas que ainda estão em apreciação”.

 

Paralelamente a isto, aponta que o “reforço da atractividade do concelho e a demonstração de grande competência na gestão municipal”, tem sido “essencial para aproveitar o bom momento que o país atravessa e captar novos e diversificados investimentos privados, que estão a gerar riqueza e postos de trabalho – com impactos positivos em todos os setores da economia local”.

Das intervenções e acções previstas nas Grandes Opções do Plano e do Orçamento para 2020, a mesma nota de imprensa destaca o “início da construção das infraestruturas da 3.ª fase da ZIL e a conclusão dos seus principais acessos, a aposta na realização de formação especializada no Concelho – nos vários níveis de ensino, a continuação da requalificação do parque escolar, o início das obras de requalificação dos antigos Paços do Concelho e da Casa Frayões Metello, a requalificação do Complexo Desportivo, da Piscina Municipal, de estradas municipais e reforço do abastecimento de água.

Comentários

- Pub -