Ministro do Ambiente participa em sessão sobre ligação dos efluentes da Baía do Tejo à ETAR Barreiro/Moita

58
visualizações

Ligação vai permitir tratamento de águas residuais do parque empresarial, para evitar a sua afluência sem aquele procedimento ao estuário do rio Tejo

O ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Matos Fernandes, e a secretária de Estado do Ambiente, Inês Costa, participam durante a tarde desta quinta-feira, dia 20, na sessão de divulgação da ligação em alta dos efluentes da Baía do Tejo à ETAR Barreiro/Moita da SIMARSUL, numa reunião que tem lugar no auditório daquela Estação de Tratamento de Águas Residuais, situada no Lavradio, e que vai juntar o presidente da Câmara do Barreiro, Frederico Rosa, com o administrador daquele parque empresarial, Jacinto Pereira, e António Ventura, responsável da empresa do Grupo Águas de Portugal.

- Pub -

De salientar que esta ligação vai permitir “contribuir para tratar anualmente cerca de 450 mil metros cúbicos estimados de águas residuais, evitando a sua afluência sem tratamento ao estuário do rio Tejo”, considerado o maior da Europa Ocidental e que constitui uma das melhores zonas húmidas do país, bem como uma das mais importantes a nível europeu, “preservando assim esta importante reserva natural” e que vai permitir a reutilização da água residual tratada.

“Selo Verde” em 2019

Recorde-se que em Junho de 2019, durante as comemorações do Dia Mundial do Ambiente no Parque do Bonfim, em Setúbal, a empresa recebeu o galardão “Selo Verde” pelo seu desempenho a nível ambiental, atribuído pela autarquia setubalense e a ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida, numa iniciativa que decorreu do projecto iniciado em 2017 e da conclusão dos trabalhos no âmbito da candidatura à atribuição daquele prémio. A distinção teve por objectivo “a promoção e reconhecimento das boas práticas ambientais implementadas nos diversos sectores da sociedade”.

Comentários

- Pub -