Festival da Enguia da Lagoa de Santo André recebeu milhares de pessoas

38
visualizações

Procura pela iguaria e pedido dos restaurantes aumentou o evento de 10 para 17 dias

 

- Pub -

O 6.º Festival da Enguia da Lagoa de Santo André teve lotação esgotada e milhares de pessoas a experimentarem a famosa iguaria. As cadeiras dos restaurantes aderentes ficaram completamente cheias, no evento organizado pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém, com o apoio da Junta de Freguesia de Santo André.

Sobre o festival, decorreu de 24 de Janeiro a 9 de Fevereiro, Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, disse que a edição deste ano “foi claramente um sucesso”.

“Sentimos que todos os anos há uma maior procura, quer de pessoas do concelho, como de fora e de alguns sítios bem distantes. É um festival de referência a nível nacional. E isto é comprovado pelo facto de ter passado de 10 para 17 dias, depois do pedido dos restaurantes aderentes”, afirmou.

Segundo o autarca, que coloca o evento numa estratégia municipal, frisa que o “festival já acabou mas a ‘romaria’ aos restaurantes por causa das enguias continua”.

E acrescentou: “A enguia é uma iguaria muito própria, capturada na Lagoa de Santo André que é uma reserva natural. A cobertura que o evento tem todos os anos traz visibilidade ao município de Santiago do Cacém, à freguesia e à Lagoa de Santo André, o que do ponto de vista turístico é muito imporante”.

O 6.º Festival da Enguia da Lagoa de Santo André teve como restaurantes aderentes A Cascalheira, Chez Daniel, Faz-te Esperto, Ti Lena & Casa do Gin, A Charrua, Quinta do Giz, Copacabana, Tasquinha do Ilídio e O Gatinho, todos situados na Freguesia de Santo André.

Os restaurantes apresentaram nas suas ementas pratos de enguias fritas às grelhadas, do ensopado à caldeirada, na cataplana ou de escabeche, sabores aos quais se juntou o património natural e cultural do concelho de Santiago do Cacém.

Comentários

- Pub -