Amorlux – Projectos e Instalações Eléctricas – Bodas de prata comemoradas com o melhor dos 25 anos de existência da empresa da Margem Sul

46
visualizações

Em Paio Pires mora mais um exemplo notável de empreendedorismo no Distrito de Setúbal. Do imaginário de um só homem nasceu um projecto que hoje em dia emprega dezenas de pessoas. Duas décadas e meia depois regista o melhor ano de sempre. Dado elucidativo do caminho em crescendo até agora trilhado.

 

- Pub -

A empresa sediada na Aldeia de Paio Pires, concelho do Seixal, tem uma vasta e reconhecida experiência no sector das instalações especiais, em particular no segmento das instalações eléctricas.

Depois de um caminho iniciado em 1994 por Vítor Guisado, à data já experiente técnico de energia, a Amorlux está em 2019 a comemorar o seu 25ª aniversário. O responsável por este rumo de sucesso afirma a O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO, de forma objectiva, “que este ano está a correr muito bem. É mesmo o “melhor da empresa”.

Ao longo deste tempo a Amorlux cresceu em todos os aspectos. Nas estruturas físicas e móveis, para aumentar a sua capacidade de resposta face à procura, e no quadro de pessoal que conta hoje com cerca de 30 colaboradores.

 

A maior parte dos negócios estão no sector da hotelaria, construção nova e remodelação. “O mercado-alvo, actual da Amorlux, está assente na construção civil associada ao turismo e a novos residentes de vários países”, explica Vítor Guisado. Pela qualidade do trabalho que desenvolve não surpreende a distinção que lhe foi concedida com o prémio de PME Excelência em 2018. Ano em que passou a contar com a certificação da Autoridade Nacional de Protecção Civil. A Amorlux também é Certificada há 15 anos com o Sistema de Gestão da Qualidade ISSO:9001:2015

Resultados só possíveis, destaca Vítor Guisado, devido “à nossa qualidade na execução, ao cumprimento de prazos, a contas certas e à estabilidade de quadros de pessoal”.

Mas o fundador da empresa frisa ainda a importância da Amorlux “estar atenta às tendências e mercados. Tendo começado em 1994 no sector Terciário (Gestão Técnica Centralizada) em grande expansão na altura, direccionou-se de seguida para os condomínios de luxo. Em 2001 enveredámos também pela renovação na Hotelaria”.

 

A partir de 2008, continua, “alargámos o nosso trabalho às energias renováveis e certificámos a primeira micro-geração com ligação à rede em Portugal. Até 2012 instalámos e certificámos cerca de 300 operações”. Mas o caminho não tem sido fácil. Vítor Guisado dá um exemplo significativo. “Continuamos neste mercado mas com menos expressão devido à mudança na lei e nos incentivos a partir de 2011 com a intervenção da troika em Portugal”.Esse foi um momento que colocou à prova a Amorlux. A capacidade de inovação e adaptação a novas realidades. Prova superada; “A partir daí enveredámos para o sector de Hotelaria, tendo renovado a maior parte dos Hotéis Tivoli. Neste momento estamos a executar 3 Hoteis da cadeia Marriot, Sheraton e Ibis.

Na procura de consolidar a sua posição no mercado “passámos a investir também no segmento de vivendas de luxo no Algarve onde implementamos além das Instalações eléctricas e Telecomunicações, também Sistemas de Domótica (Casa Inteligente), que integramos na mesma aplicação em smartphone toda a iluminação, estores, climatização, controle de acessos, vídeo porteiro, CCTV e alarmes”, explica-nos o responsável.

A actividade da AMORLUX compreende o desenvolvimento, engenharia, instalação, e assistência técnica de instalações especiais em empreendimentos habitacionais, escritórios, unidades industriais, unidades hoteleiras, e infra-estruturas públicas. São assim cinco a áreas específicas de actuação: Segurança, Electricidade, Redes Estruturadas, Energias Alternativas e Gestão Técnica.

Em matéria de segurança a Amorlux dedica-se ao desenvolvimento de sistemas de controlo de acessos, detecção de incêndio de gás e monóxido de carbono, com os quais se promove o bom funcionamento das instalações de uma empresa.

 

Na vertente electricidade a empresa concebe, desenvolve e implementa instalações eléctricas de baixa tensão em condomínios, escritórios e unidades industriais. Esta actividade é complementada com o fabrico e instalação de quadros eléctricos. Redes Aéreas de Média e Baixa Tensão. Postos de Transformação. Redes Subterrâneas de Média e Baixa Tensão. Iluminação Pública. Contagens de BT e Serviços de Apoio e Piquete às Redes MT e BT e ainda Trabalhos em Tensão.

Nas Redes Estruturadas a Amorlux “é qualificada e está perfeitamente equipada para fazer instalações e certificação de redes estruturadas de computadores, de qualquer dimensão e para todos os fins”, destaca Vítor Guisado.

 

O âmbito das Energias Renováveis não é esquecido e a empresa foi pioneira na certificação, “junto das entidades competentes, uma instalação de Microgeração ao abrigo do Decreto-Lei nº 363/2007”, revela.

Nesta área, por norma, o armazenamento de energia nos sistemas fotovoltaicos autónomos é assegurado por baterias. A sua dimensão é essencial para o bom funcionamento do sistema. O armazenamento de energia representa 13 a 15% do investimento inicial, considerando uma duração de vida de 20 anos. Por isso “fazemos contratos de manutenção e assistência para garantir o máximo rendimento destas estruturas energéticas”, sublinha.

Na Gestão Técnica faz implementação de sistemas de controlo específicos para aplicações de climatização, iluminação, racionalização de energia, optimizando os consumos e a vida interna dos edifícios, “sendo especialistas nesta área”, realça Vítor Guisado.

 

Nas Redes Estruturadas a Amorlux “é qualificada e está perfeitamente equipada para fazer instalações e certificação de redes estruturadas de computadores, de qualquer dimensão e para todos os fins”, garante.

 

Para 2020 a expectativa, antecipa Vítor Guisado, é “continuar a cimentar a nossa posição nos sectores da hotelaria, condomínios de luxo e Infraestruturas em loteamentos novos”.

 

Por Luís Pestana

Comentários

- Pub -