Alcochetense carimba passaporte para a Taça de Portugal

22
visualizações

Alcochetense e FC Setúbal foram os protagonistas da última jornada. A equipa de Alcochete, com a vitória alcançada sobre o Fabril, garantiu a sua presença na prova rainha do futebol nacional e o FC Setúbal com o triunfo sobre o Banheirense atitou o seu adversário para a 2.ª Divisão.

 

- Pub -

 

Com a realização da 30.ª jornada, caiu o pano sobre o Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, e, com ela, ficaram desfeitas as dúvidas que ainda existiam em relação à questão do segundo lugar e da manutenção.

Na luta pelo segundo lugar, onde apenas duas equipas poderiam chegar (Alcochetense e U. Santiago), quem levou a melhor foi a equipa de Alcochete que venceu o Desportivo Fabril, por 2-0, enquanto o seu opositor não conseguiu melhor que um empate (2-2) na recepção ao Oriental Dragon.

Em Alcochete, no confronto entre os dois primeiros classificados, a equipa da casa impôs-se e derrotou o campeão com golos marcados na primeira parte por Ruizinho, aos 30 minutos, e, Bernardo, na segunda metade, precisamente aos 57 minutos, num remate a mais de 40 metros da baliza adversária, que com a força do vento, acabou por trair o jovem guarda-redes do Fabril, Vicente.

Com este resultado o Grupo Desportivo Alcochetense conquistou o segundo lugar e com ele o direito desportivo de participar na próxima temporada na primeira eliminatória da Taça de Portugal que funciona como prémio de consolação pela excelente temporada que fez.

No Municipal da Bela Vista, que registou grande enchente, FC Setúbal e Banheirense defrontaram-se num jogo que era decisivo para ambos. Ao Banheirense, que tinha um ponto de vantagem, bastava o empate mas aos setubalenses apenas a vitória interessava, daí a grande expectativa que reinava à volta do encontro.

No final, quem festejou a manutenção foi o FC Setúbal que venceu o seu adversário por duas bolas a uma, num jogo que se manteve em aberto até ao fim. Os sadinos, que estiveram a ganhar por 2-0, marcaram no primeiro tempo por volta dos 10 minutos e depois, já na segunda parte (70’), na cobrança de um pontapé de penalti, mas o Banheirense que nunca se deu por vencido ainda conseguiu reduzir para 2-1.

Com a derrota sofrida, a equipa da Baixa da Banheira desceu à 2.ª Divisão Distrital, após cinco temporadas consecutivas no principal campeonato do futebol distrital.

Nesta jornada será de registar alguns problemas relacionados com a falta de policiamento que obrigou a atrasos no início do Beira Mar de Almada – Vasco da Gama que começou 45 minutos mais tarde que o previsto e do Palmelense – Alfarim que teve início quase hora e meia depois.

Resultados da última jornada: C. Piedade B 5 Charneca de Caparica 1; Beira Mar de Almada 1 Vasco da Gama 2; FC Setúbal 2 Banheirense 1; Sesimbra 2 Grandolense 2; U. Santiago 2 Oriental Dragon 2; Palmelense 2 Alfarim 1; Alcochetense 2 Desportivo Fabril 0; Moitense 1 Barreirense 4.

 

Classificação Final: 1.º Desp. Fabril, 74 pontos; 2.º Alcochetense, 60 pontos; 3.º Vasco da Gama, 57 pontos; 4.º Barreirense e U. Santiago, 56 pontos; 6.º Oriental Dragon, 53 pontos; 7.º Sesimbra, 52 pontos; 8.º Cova da Piedade B, 48 pontos; 9.º Grandolense, 45 pontos; 10.º Alfarim, 40 pontos; 11.º Moitense, 36 pontos; 12.º Palmelense, 34 pontos; 13.º Beira Mar de Almada, 31 pontos; 14º Charneca de Caparica, 29 pontos; 15.º FC Setúbal, 9 pontos; 15.º Banheirense, 7 pontos.

 

 

Homenagem a João Nuno

De realçar nesta jornada a homenagem prestada a João Nuno, médio de 33 anos, que colocou um ponto final na sua carreira de jogador que começou e terminou no Moitense, com passagens também pelo 1.º Maio Sarilhense, Palmelense, Desportivo Fabril e Barreirense, clube que representou durante seis épocas, antes de regressar à Moita. Curioso foi o facto de ter acumulado em simultâneo as funções de jogador no Moitense e treinador da equipa de juniores do Barreirense, durante as últimas três temporadas.

No seu percurso de jogador João Nuno conquistou uma Taça AF Setúbal em 2011/2012 e dois títulos de campeão distrital da 1.ª divisão pelo Barreirense em 2011/2012 e 2014/2015 e ainda outro na categoria de juniores, também pelo Barreirense, em 2017/2018, na qualidade de treinador.

Comentários

- Pub -