Academia para a formação vai funcionar no Campo das Pedreiras, no Viso

58
visualizações

O Comércio Indústria quer desfazer equívocos e reafirmar que a Câmara Municipal de Setúbal sempre esteve ao lado do clube, rectificando assim as considerações feitas pelo treinador da equipa sénior na entrevista que concedeu recentemente ao nosso jornal, que causou algum mau estar na autarquia

 

- Pub -

 

“O nosso treinador precipitou-se em algumas coisas que disse e nós gostaríamos de esclarecer que a Câmara Municipal de Setúbal sempre esteve ao lado do Comércio Indústria. Havia um protocolo que sido aprovado por unanimidade em sessão de câmara para a cedência de um espaço no campo das Pedreiras, no Viso, para a implementação de um sintético destinado à formação do Comércio Indústria. O protocolo estava assinado e todas essas démarches estavam a ser feitas mas a equipa técnica não tinha conhecimento disso nem a obrigação de saber porque era assunto da direcção, daí acharmos que ele se precipitou. Depois, contámos também com a colaboração da Câmara na cedência de espaços públicos como é o caso do municipal da Bela Vista e da Várzea para a preparação das nossas equipas de formação”, fez questão de salientar o presidente da direcção Luís Lança.

No mesmo dia em que saiu a entrevista “o departamento de futebol tinha  pedido à direcção para conversar com a autarquia para em conjunto se arranjar uma solução no sentido de podermos reduzir a preparação da equipa sénior no nosso campo devido à situação em que ele se encontra. Portanto, queremos de certa forma corrigir aquilo que foi dito porque o vereador Pedro Pina sempre esteve connosco”, reforçou o chefe do departamento de futebol, Paulo Cacela.

 

Sintético nas Pedreiras

 

Num futuro próximo a direcção do clube sadino vai tentar recuperar o melhor possível o relvado natural do Campo da Bela Vista para proporcionar melhores condições de trabalho aos jogadores. A este propósito o presidente do clube adiantou:

“A ideia da parceria com a Câmara para a colocação do sintético nas Pedreiras tem como objectivo recuperar o título que já teve de ser o segundo clube da cidade. Temos todas as condições para fazer um bom trabalho a nível de juniores e seniores aqui no campo da Bela Vista, desde que consigamos manter as condições mínimas do relvado mas em nossa opinião isso só será possível se tivermos um sintético de apoio para instalarmos aí a nossa academiazinha”.

Porque na cidade de Setúbal existem mais clubes, convém entretanto esclarecer que, de acordo com o que ficou estabelecido no protocolo, “a Câmara Municipal cede o espaço e nós fazemos a obra”, realçou o vice-presidente desportivo, João Tavira.

 

Aposta na subida de divisão

Em relação à forma como está a decorrer a época e aos objectivos traçados, o presidente do clube confirmou que passam efectivamente pelo regresso à 1.ª Divisão Distrital.

“Até agora todos os objectivos a que nos propusemos, com a equipa técnica, têm sido alcançados. O ano passado tínhamos algumas lacunas no plantel e, por uma ou outra razão, acabámos por não subir no último jogo, apenas por um golo. Tentámos perceber o que não funcionou e, em conjunto com a equipa técnica, conseguimos manter muitos dos jogadores da época passada reforçámos o plantel com a entrada de novos jogadores e a aposta na subida divisão mantém-se. Vamos ver se é desta”.

Sobre o caso relacionado com a suspensão do campeonato que tarda em ser resolvido pela AF Setúbal, Luís Lança disse que “não temos querido tomar posição porque cada um sabe aquilo que vai em sua própria casa. A única coisa que nos preocupa é o investimento que foi feito e que vai com toda a certeza ser prolongado no tempo e encarecer o planeamento que fizemos para esta época.  Temos a equipa apurada há 3 semanas, já não jogamos há duas e não se vislumbra o início da segunda fase. Não é fácil gerir esta situação. Seria bom que resolvessem o problema quanto antes”.

Comentários

- Pub -