Sócios continuam a votar para a presidência do Vitória no pavilhão Antoine Velge

115
visualizações

Os sócios do Vitória FC estão desde as 10:00 horas, no pavilhão Antoine Velge, a votar para as eleições para os órgãos sociais do clube no mandato 2020-2023. Os elementos que compões o plantel profissional foram dos primeiros a exercer o seu direito de voto, pouco depois da abertura das urnas e antes de darem início à sessão de trabalho no Estádio do Bonfim.

- Pub -

Depois de Chumbita Nunes, da lista A, foi a vez de outros dois candidatos, Paulo Gomes (D) e Vítor Hugo Valente (E), votarem. Separados por menos de 20 minutos – Paulo Gomes votou às 12:22 e Vítor Hugo Valente, às 12:41 -, ambos prestaram declarações a O Setubalense – Diário da Região.

Paulo Gomes mostrou-se optimista no triunfo. “Estou confiante. Fizemos o nosso trabalho, mostrámos ao que vínhamos com uma mensagem de esperança sem a preocupação de arranjar artifícios para derrubar adversário”, disse, deixando um desabafo. “Fico triste por ter sido uma campanha balizada por ataques pessoais e falsidades visada pelo candidato mais forte”, vincou numa clara alusão ao atual presidente, Vítor Hugo Valente.

O líder dos sadinos está convicto de que será reeleito depois da contagem dos votos. “Fizemos o nosso trabalho e hoje compete aos sócios decidirem o que é melhor para o clube. Estabilizámos o clube e apresentámos agora um projecto de excelência que vai permitir ao clube estar no lugar que merece”, referiu o candidato da lista E, mostrando-se satisfeito pela boa afluência às urnas.

Os candidatos das listas C e B, José Dias Mendes e Pedro Gaiveo Luzio, respectivamente, votaram durante a tarde. As urnas serão encerradas às 22 horas.

Comentários

- Pub -