Pinhalnovense impõe primeira derrota ao Alverca

32
visualizações

As honras da 8.ª jornada do Campeonato de Portugal vão inteirinhas para o Pinhalnovense que foi ganhar a Alverca, onde o Sporting havia sido eliminado da Taça de Portugal, na semana anterior.

 

- Pub -

Este foi de facto um excelente resultado obtido pela equipa de Pinhal Novo que jogou desde os 40 minutos com apenas 10 jogadores, por expulsão de Pendão. Beneficiando de um autogolo que surgiu na sequência de um atraso de um defesa para o guarda-redes o Pinhalnovense colocou-se na frente do marcador. O Alverca, que ainda não tinha sido derrotado em jogos para o campeonato esta época, reagiu, e chegou ao empate por Semedo, aos 80 minutos, mas num lance de ataque rápido conduzido pelo lado direito por João Bandeira, a equipa de Pinhal Novo chegou à vitória com um golo de Diego Zaporo, que cabeceou para o fundo da baliza adversária dando a melhor sequência ao cruzamento feito pelo seu companheiro de equipa.

Amora vence no Lavradio

Quem também esteve muito bem nesta jornada foi o Amora que venceu o Desportivo Fabril, no Estádio Alfredo da Silva, por 3-2, conquistando assim os três pontos que tanta falta lhe faziam para melhorar a sua posição na tabela classificativa.

A vitória dos azuis da Medideira começou a ser construída logo aos dois minutos de jogo por Geraldo que finalizou com êxito um canto cobrado do lado esquerdo do seu ataque.

O Fabril respondeu com uma jogada de contra-ataque de Dieb, à qual se seguiram outras de algum perigo, duas delas para o Amora que seriam evitadas por João Marreiros, que teve uma tarde de muito trabalho. Depois de uma bola atirada ao ferro em cada baliza, o Fabril chegou ao empate num livre directo cobrado de forma exemplar por Edson Castro (38’).

Olímpico trava o líder

Na segunda parte o domínio do Amora foi mais acentuado e Varela desfez a igualdade aos 62 minutos. Algum tempo depois, João Rocha é expulso por acumulação de amarelos (81’), o Fabril passou a jogar em inferioridade numérica e Muacir (87’) aumentou a vantagem para 3-1. E, mesmo sobre o minuto 90, o colombiano Iguaran fixou o resultado final fazendo o segundo golo do Fabril.

Resultado positivo foi também alcançado pelo Olímpico do Montijo que empatou a zero com o Olhanense. Não fez uma grande exibição e o resultado talvez tenha sido melhor que a exibição mas o importante foi mesmo a conquista de mais um ponto e desta vez frente ao líder da Série. A equipa algarvia revelou qualidade e esteve mais vezes por cima no jogo, foi também aquela que mais perto esteve da vitória mas há também que dar mérito à equipa montijense e em especial ao seu guarda-redes, Diogo Arreigota, que evitou pior em duas ou três ocasiões.

Comentários

- Pub -