Vitória só pensa em vencer no seu jogo de estreia da Taça de Portugal

21
visualizações

Recepção aos sadinos cria onda de enorme entusiasmo em Estreito, concelho de Oleiros

 

- Pub -

O Vitória FC faz a sua estreia na edição 2019/20 da Taça de Portugal no domingo, pelas 14:00 horas, diante do Águias do Moradal, clube da 1.ª divisão distrital da Associação de Futebol de Castelo Branco. A expectativa em torno do jogo é enorme em Estreito, localidade do concelho de Oleiros, por saber que vai enfrentar um dos emblemas com maior palmarés no futebol nacional.

A provar o entusiasmo está o facto de o campo do Ventoso, casa do Águias do Moradal, poder registar uma das maiores enchentes da sua história. Para fazer face à procura de ingressos, a direcção do emblema do distrito albicastrense decidiu instalar uma nova bancada de forma a instalar os adeptos setubalenses que vão viajar até ao Estreito para assistir à partida que terá transmissão televisiva directo no canal 11.

Recorde-se que o recinto do oponente do Vitória tem capacidade para cerca de 400 adeptos e que a instalação da bancada amovível vai permitir duplicar a lotação. Com várias excursões a serem organizadas em Setúbal, os adeptos verdes e brancos prometem fazer-se ouvir durante o embate que será travado em relvado sintético.

Adaptação ao piso sintético

Ontem, no Complexo Desportivo da Várzea, o Vitória continuou a preparar a estratégia a utilizar no encontro da 3.ª eliminatória. A escolha do local do treino deveu-se à necessidade de fazer treino de adaptação ao piso sintético. Tal como ontem, pelas mesmas razões, Sandro Mendes agendou a sessão de hoje também para a Várzea, campo que ontem voltou a ter o guarda-redes Makaridze junto com o plantel.

À semelhança do que sucedeu no jogo anterior na Taça da Liga, o treinador Sandro Mendes deverá operar algumas alterações no onze, sendo que a mais flagrantes deverá acontecer no lugar de guarda-redes. O facto de o totalista Makaridze ter estado 11 dias afastado do plantel devido aos compromissos da selecção da Geórgia deverá possibilitar a estreia na presente época do brasileiro Milton Raphael, de 28 anos, ou do internacional sub-20 português João Valido. Caso a escolha recaia sobre este último, que actua nos sadinos desde 2009/10, o guardião, de 19 anos, fará a sua estreia absoluta na equipa principal.

Do leque dos internacionais falta agora apenas Brian Mansilla (Argentina Sub-23). O avançado tinha chegada prevista para ontem e volta hoje a trabalhar com os colegas na Várzea.

Sub-23 defrontam Académica

Não é só a equipa principal que volta a competir este fim-de-semana após a paragem para os compromissos das selecções, a equipa de sub-23 também está de regresso aos jogos oficiais. Amanhã, pelas 15:00 horas, os comandados de Chiquinho Conde defrontam a Académica, em partida da Liga Revelação, que terá lugar no Estádio Municipal Sérgio Conceição, em Taveiro (Coimbra).

 

Andebol joga em Avanca

O Pavilhão Municipal Comendador Adelino Dias Costa, em Avanca (Estarreja), é amanhã, a partir das 18:00 horas, palco de mais uma batalha da equipa principal de andebol do Vitória. Em partida da 9.ª jornada do Campeonato Nacional da Primeira Divisão da modalidade, o duelo será diante do Artística de Avanca, oponente com quem os sadinos esperam reencontrar os êxitos, após o desaire (25-33) de anteontem na recepção ao Benfica.

No pavilhão Antoine Velge, frente às águias, a equipa treinada por Luís Monteiro rubricou uma exibição positiva, esforçada, com momentos de notável qualidade, mas insuficiente para evitar a derrota. Além da atitude, união e espírito de trabalho da equipa, o encontro voltou a ficar marcado pelo ambiente fervoroso vindo das bancadas dos adeptos sadinos. O Vitória segue na 12.ª posição, com 10 pontos.

Futsal estreia-se em Montijo

Também amanhã entra em acção a recém-formada equipa de futsal do Vitória. O jogo na casa do Amodim assume uma importância especial por ser tratar da estreia da equipa sénior masculina no Campeonato Distrital da modalidade. O duelo está marcado para as 21:00 horas, no Pavilhão Municipal n.º 2 do Montijo.

Comentários

- Pub -