No Estádio Alfredo da Silva há motivação e uma grande vontade de vencer

31
visualizações

Direcção do clube quer uma boa moldura humana na recepção ao Moreirense e nesse sentido resolveu abrir as portas aos jovens até aos 16 anos, que vivam nos concelhos do Barreiro e da Moita, que desta forma terão entrada gratuita no encontro.

- Pub -

 

O Grupo Desportivo Fabril, que no passado domingo perdeu na deslocação a Sintra onde defrontou o 1.º Dezembro para a 7.ª jornada do Campeonato de Portugal, já se prepara para o jogo da Taça de Portugal com o Moreirense.

Depois de ter sido afastado na primeira eliminatória pelo Praiense, o Fabril foi repescado para a segunda eliminatória que ultrapassou com a vitória alcançada em Beja sobre o Penedo Gordo e agora calhou-lhe em sorteio defrontar o Moreirense, uma equipa da I Liga.

O encontro realiza-se no Estádio Alfredo da Silva que noutros tempos viveu momentos de glória, tanto a nível nacional como a nível internacional. A realidade agora é bem diferente de outrora mas nem por isso deixa de ser interessante esta recepção ao Moreirense que ocupa actualmente o 12.º lugar no principal campeonato do futebol português.

Em termos de previsão não restam dúvidas que o favoritismo pende para os lados da equipa de Moreira de Cónegos não só pela qualidade que tem mas também por se tratar de uma equipa profissional enquanto o Desportivo Fabril é um clube puramente amador em que os seus jogadores se juntam apenas ao fim da tarde para treinar, depois de um dia de trabalho. A diferença entre as duas equipas é enorme mas nem por isso deixa de haver alguma expectativa à volta do encontro porque se trata de uma competição a eliminar onde por vezes a surpresa acontece.

Bruno Martinho, também conhecido como ‘Bas Dost do Lavradio’, que na época passada marcou 35 golos, é um dos trunfos da equipa que vai entrar em campo com o objectivo de fazer o seu melhor. “Este jogo vem dar-nos mais alma e trazer mais motivação. Por isso, tudo faremos para vencer o Moreirense neste jogo da Taça de Portugal”, referiu a propósito.

João Rocha, o capitão de equipa, por sua vez disse: “Ficámos deveras entusiasmados pelo facto de termos apanhado nesta eliminatória uma equipa da I Liga. É prestigiante para o clube que tem uma história imensa e também para nós, jogadores, pelo índice motivacional que precisamos neste momento. Não iniciámos a época da melhor forma mas agora as coisas estão a compor-se e este jogo vem dar-nos um pouco de mais alento”.

Resta acrescentar que o jogo se realiza no sábado, dia 19 de Outubro, pelas 15 horas, a pedido do Moreirense que em contrapartida abdica da sua parte da receita a favor do Desportivo Fabril.

Comentários

- Pub -