Cova da Piedade, Olímpico, Amora e Fabril seguem em frente na competição

44
visualizações

Olímpico do Montijo, Amora, Desportivo Fabril e Cova da Piedade vão ficar a conhecer na próxima quarta-feira os seus adversários na 3.ª eliminatória que conta já com a participação das equipas da I Liga.

- Pub -

 

 

 

O Olímpico do Montijo, que estreou o seu novo treinador, Paulo Jorge Bento, de 55 anos, ex-Vitória de Sernache, foi ganhar a Coruche por 4-0, com dois golos de Hélio Roque e outros tantos de Rúben Ribeiro, todos eles marcados no decorrer da segunda parte, naquela que foi a primeira vitória obtida esta época em jogos oficiais.

 

A equipa do Montijo começou melhor, teve o sinal mais da partida até aos 15 minutos e poderia ter marcado em duas ocasiões. Depois, o Coruchense equilibrou e dispôs também de uma boa oportunidade. Depois aconteceu a lesão de Bruno Jesus, aos 38 minutos, e logo a seguir a expulsão de Diogo Branco que deixou a equipa reduzida a 10 unidades.

 

Apesar das adversidades a equipa montijense adiantou-se no marcador por Hélio Roque na cobrança exemplar de um livre directo, aos 70 minutos. O mesmo jogador ampliou a vantagem na cobrança de um penalti (82’) e depois Rúben Ribeiro fez o resto, bisando aos 86’ e 90+2’, sendo o último golo marcado num remate efectuado do meio da rua.

 

Amora sofre mas vence

 

No Estádio da Medideira, o Amora, que também já tem novo treinador, levou a melhor sobre o São João de Ver, equipa do distrital de Aveiro, numa partida que se tornou mais difícil do que se previa.

A equipa aveirense marcou logo aos dois minutos e isso colocou toda a pressão na equipa amorense que a jogar em casa tinha a obrigação de ganhar. As coisas não estavam fáceis para os azuis da Medideira que mexeram na estrutura da equipa com a entrada ainda na primeira parte de Pedro Dias para o lugar de Leo Tomé e depois ao intervalo com Delgado a surgir no lugar de Rafa. E foi exactamente Delgado a estabelecer o empate (49’) deixando tudo em aberto. O Amora continuava a ganhar confiança, tornava-se mais agressivo no ataque e acabou por dar a volta ao marcador já relativamente próximo do fim (81’) com um golo de Geraldo que carimbou assim o passaporte para a terceira eliminatória da prova rainha do futebol nacional.

 

Fabril cumpriu a missão

 

Quem também garantiu o apuramento foi o Desportivo Fabril que venceu a equipa do Penedo Gordo, da 1.ª Divisão da AF Beja, por uma bola a zero, sendo o golo marcado aos 11 minutos por Jorge Iguaran. No início da segunda parte o Penedo Gordo criou alguns problemas mas as melhores oportunidades pertenceram ao Fabril que viu ainda uma bola ser devolvida pelo ferro da baliza alentejana.

 

Pinhalnovense caiu de pé

 

No Campo Santos Jorge, o Pinhalnovense não resistiu ao maior poderio do Estoril Praia e acabou por ser afastado da competição, embora tenha dado excelente réplica, em especial na segunda parte.

O Estoril foi superior no decorrer do primeiro tempo e saiu para o intervalo a ganhar por 1-0 cm um golo marcado aos 24 minutos. Na etapa complementar a equipa da linha aumentou a vantagem na cobrança de um penalti (53’) mas a partir daí foi notório o inconformismo do Pinhalnovense, muito por culpa de Nito que foi um verdadeiro quebra-cabeças para a equipa adversária, saindo dos seus pés o passe para Bandeira fazer o golo de honra. Será razão para dizer que caiu de pé.

 

Alcochetense não concretizou o sonho

 

O Alcochetense não conseguiu concretizar o sonho e acabou por ser afastado da Taça de Portugal pelo Leixões, equipa que disputa o Campeonato da 2.ª Liga, que saiu vitoriosa por 4-0.

A primeira ocasião até pertenceu ao Alcochetense, num remate de Fialho à entrada da área que passou a centímetros da barra de Ivo mas aos 26 minutos Luís Silva inaugurou o marcador, fazendo o primeiro golo da equipa de Matosinhos. Depois Júnior Sena fez o segundo (33’) e Luís Silva o terceiro, já na segunda parte (49’).

Com o decorrer do tempo, a diferença de poderio físico entre as equipas acentuava-se e os ‘lobos-do-mar’ foram desperdiçando mais uma ou outra ocasião.

A supremacia do Leixões acabou mesmo por ficar ainda mais vincada quando Tarzan fechou a contagem, aos 87 minutos.

 

 

  1. Piedade impõem-se em Sines

 

Em Sines, o Vasco da Gama que passou uma semana bastante complicada devido ao falecimento do seu presidente, bateu-se com muita dignidade na partida que disputou com o Cova da Piedade, da 2.ª Liga, mas não conseguiu resistir à superioridade do adversário que teve sempre o jogo controlado. Ao intervalo o resultado assinalava já 2-0, sendo os golos marcados por Sami (2’) e Liu (45+2’). Na segunda parte Gustavo (72’) e Edinho (75’) estabeleceram o resultado final.

 

 

 

Resultados – 2.ª eliminatória

 

Coruchense 0 Olímpico 4

Amora 2 S. João de Ver 1

Alcochetense 0 Leixões 4

Pinhalnovense 1 Estoril 2

Penedo Gordo 0 Fabril 1

  1. Gama 0 C. Piedade 4

 

Comentários

- Pub -