Título conquistado leva meninas da Boa Água a Portimão

337
visualizações

As infantis femininas do Clube Desportivo Escolar da Boa Água, as melhores dos distritos de Setúbal, Lisboa e Santarém, fizeram uma excelente temporada e como prémio vão participar no próximo fim-de-semana em Portimão, no Encontro Nacional. Os minis masculinos estiveram na Guarda

 

- Pub -

Na Quinta do Conde, concelho de Sesimbra, há um clube de andebol que ainda está a dar os primeiros passos mas já se começa a destacar por aquilo que tem vindo a fazer a nível da formação.

 

Estamos a falar do Clube Desportivo Escolar da Boa Água, formado há apenas três anos mas que tem já três equipas a competir a nível oficial, tendo duas delas ficado apuradas para os Encontros Nacionais, na Guarda e em Portimão.

 

Com o intuito de divulgar o trabalho que está a ser feito e dar a conhecer a evolução dos praticantes, o “Setubalense – Diário da Região” falou com o treinador Pedro Cacho.

 

Como nasceu este projecto?

Nasceu por vontade da Câmara Municipal de Sesimbra que pretende alargar o número de modalidades que se praticam no concelho. Na qualidade de professor no Agrupamento de Escolas da Boa Água fui contactado nesse sentido, falei com o director do agrupamento, professor Nuno Mantas, que é uma pessoa aberta a novas iniciativas, e avançámos. Este é o terceiro ano de vida do clube.

E que balanço se pode fazer destes três anos?

Começámos com uma equipa minis masculinos mas no segundo ano já tínhamos três equipas, uma de minis masculinos, uma de infantis masculinos e outra de infantis femininos. Neste terceiro ano mantemos o mesmo número de equipas e o resultado do trabalho desenvolvido tem sido muito positivo.

 

Quer especificar concretamente?

Embora o nosso principal objectivo como é óbvio não sejam os resultados desportivos é com satisfação que podemos dizer que a nossa equipa de infantis femininos foi campeã inter-regional e a equipa de minis masculinos vice-campeã da Associação de Andebol de Setúbal. Mas, tão importante ou mais do que isso, é o facto do número de praticantes ter vindo a crescer.

 

E esses bons resultados vão levar o clube a marcar presença em dois eventos de cariz nacional?

Exactamente essas duas equipas ficaram apuradas para os Encontros Nacionais. Os minis masculinos, que estiveram no passado fim-de-semana na Guarda e os infantis femininos que vão estar de 4 a 7 de Julho, em Portimão.  Os clubes têm tendência a considerar estes eventos como campeonato nacional mas a Federação prefere que eles sejam encarados encontros festivos, de amizade e convívio. Seja como for, uma coisa é certa, a nossa equipa de infantis femininos é a melhor da região de Setúbal, Lisboa e Santarém porque venceu o campeonato regional só com vitórias. O nosso rival foi o Porto Salvo mas nós vencemos os dois jogos.

 

Quais são então os próximos objectivos?

Queremos continuar a crescer. Temos um foco muito grande na prática feminina, sobretudo a nível dos desportos colectivos. Na Quinta do Conde há ginástica, hip hop e natação para meninas, mas no que respeita à prática colectiva, somos os únicos, mas não podemos esquecer que estamos numa escola que vai só até ao 3.º ciclo, por isso, o nosso esforço tem de ser ponderado. Temos que ver bem até onde podemos ir, mas sempre dentro das nossas capacidades.

Contam com alguns apoios?

Sim, no âmbito do protocolo do nascimento do clube temos o apoio da Câmara Municipal de Sesimbra, da Junta de Freguesia da Quinta do Conde, do Agrupamento de Escolas da Boa Água e dos pais que são essenciais para o desenvolvimento do projecto.

Comentários

- Pub -