Setúbal Bay regressa às águas do Sado

58
visualizações

Dia 8 de junho realiza-se o Setúbal Bay, que volta a contar com duas provas – Open Challenge com distâncias de 200, 600 e 2.000 metros e uma etapa da FINA Marathon Swim World Series, de dez quilómetros. O húngaro Kristof Razovszky, vencedor das últimas duas edições no Sado, regressa como favorito à vitória

 

- Pub -

 

 

Depois de várias edições bem-sucedidas, o Setúbal Bay prepara-se para voltar às águas do rio Sado no próximo dia 8 de junho. O Parque Urbano de Albarquel volta a ser o ponto de encontro de um evento que tem como prova rainha uma etapa da FINA Marathon Swim World Series, que juntará centenas de participantes de todo o mundo num percurso de dez quilómetros.

Tal como no ano passado, Setúbal voltará a receber a terceira de nove etapas do circuito mundial. A cidade sadina, que recebe a maratona aquática pelo terceiro ano consecutivo, é a única representante de Portugal neste campeonato, que passará também por Doha (Catar), Seychelles, Balatonfured (Hungria), Lac St. Jean e Lac Mégantic (Canadá), Ocrida (Macedónia), Nantou (Tailândia) e Chun’An (China), sendo que as duas primeiras etapas, no Catar e nas ilhas Seychelles, já foram realizadas.

Entre as centenas de participantes, destaque para o húngaro Kristof Rasovszky, que conhece bem o sabor de vencer no Sado. O nadador venceu a etapa setubalense nas últimas duas edições do Setúbal Bay e vai procurar o ‘hat-trick’ em águas que conhece bem. Além de Rasovszky, também o holandês Ferry Weertman estará presente e é um sério candidato ao triunfo depois de vencer no último ano. No lado feminino, destaque para a portuguesa Angélica André, que terminou a última prova em sétimo lugar, e ainda para a brasileira Ana Marcela Cunha e a italiana Rachele Bruni.

Além da maratona aquática que encerrará o evento, o Setúbal Bay 2019 volta a contar com um Open Challenge aberto à população em geral e para a qual as inscrições já estão abertas, podendo estas ser efetuadas online através do portal Lap2Go. A prova mais curta conta com uma distância de 200 metros e arranca pelas 10 horas. Há ainda corridas de 600 metros, com partida às 10:30 horas, e uma mais longa de 2.000 metros, marcada para as 11:30 horas. Esta última é pontuável para o XII Circuito Nacional de Águas Abertas, sendo por isso esperada a presença de atletas de alguns dos principais clubes portugueses.

 

Rasovszky segue na pole position

Os olhares dos adeptos das águas abertas vão estar em Kristof Rasovszky. O húngaro ficou em segundo lugar na eliminatória inaugural e terminou a etapa seguinte no último lugar do pódio. Apesar de ainda não ter subido ao primeiro lugar e conquistado o ouro nesta temporada, o nadador lidera a prova e surge a Setúbal como principal favorito, principalmente após ter triunfado no Sado nas últimas duas edições da prova. Já a vertente feminina é liderada por Ana Marcela Bruni, que terminou a última edição em segundo, nas Seychelles, depois de ter conseguido a medalha de ouro na primeira prova, no Catar.

Comentários

- Pub -