Pinhalnovense causa sensação no Algarve

33
visualizações

Olímpico e Amora empataram (0-0) no Montijo e Desportivo Fabril foi derrotado (3-0) pelo Sintra Football Clube, em Oeiras.

 

- Pub -

O Pinhalnovense, que foi a Armação de Pera ganhar por 4-1, foi a equipa da nossa região que melhor resultado obteve na 2.ª jornada do Campeonato de Portugal.

Com uma exibição bastante convincente, em especial na primeira parte, a equipa de Pinhal Novo foi para o intervalo a vencer por 4-0, com golos marcados por Leo aos 6 e 42 minutos, Marlon aos 22 e Nico aos 30 minutos.

Na segunda parte, apesar da vantagem, a equipa orientada por Luís Manuel continuou em bom plano mas baixou naturalmente a intensidade do seu jogo e os algarvios aproveitaram para reduzir a desvantagem, mas o melhor que conseguiram foi marcar o golo de honra.

Com esta vitória, o Pinhalnovense, que havia empatado na jornada de abertura com o Real (0-0), segue na classificação geral com quatro pontos.

 

Amora empata no Montijo

 

No Campo da Liberdade, onde o Olímpico recebia o Amora, registou-se uma igualdade a zero, num jogo disputado de forma intensa perante boa moldura humana.

O Amora foi a equipa que mais fez para chegar à vitória e a que mais perto esteve de a conseguir com a oportunidade mais flagrante a surgir aos 83 minutos quando Mauro Antunes desferiu um potente remate à barra da baliza do Olímpio já com o guarda-redes batido.

A equipa montijense, que se revelou pouco agressiva no ataque, apenas ameaçou na segunda parte numa ou outra ocasião sendo a de maior perigo criada por Karamoko, aos 57 minutos.

Por aquilo que foi o jogo o resultado terá deixado o Olímpico mais satisfeito que o Amora. Ambas as equipas, que perderam na 1.ª jornada, conquistaram assim o seu primeiro ponto na competição.

 

Fabril derrotado em Oeiras

 

O resultado mais negativo foi registado pelo Desportivo Fabril que se deslocou ao Estádio Municipal de Oeiras, casa emprestada do Sintra Football Clube, com quem perdeu por 3-0, com golos sofridos todos na segunda parte.

O Sintra entrou bem mas o Fabril alterou a tendência, ficou por cima no jogo e criou algumas ocasiões para marcar sendo de salientar uma bola na barra que terá deixado alugas dúvidas se terá ou não entrado na baliza adversária.

Na segunda parte o Sintra marcou (60’) contra a corrente de jogo, o Fabril acusou o golo pela negativa, dois minutos depois sofreu o segundo e a partir daí nunca mais se encontrou.

Na classificação a equipa do Barreiro segue com um ponto conquistado na primeira jornada no jogo que disputou em casa com o Esperança de Lagos.

Comentários

- Pub -