Diego Zaporo e Ni Plange bisaram na vitória do Pinhalnovense na Vidigueira

6
visualizações

O Pinhalnovense foi a única equipa da região a vencer na 15.ª jornada do Campeonato de Portugal. A vitória, que foi a mais dilatada da jornada, foi alcançada na deslocação que fez à Vidigueira. Menos sorte teve o Olímpico do Montijo que perdeu em Marvila com o Oriental e o Amora que foi derrotado nos Açores pelo Sp. Ideal.

- Pub -

O Pinhalnovense partia para a Vidigueira como favorito e acabou por confirmar esse estatuto realizando uma exibição bastante convincente.

O jogo começou a correr de feição logo nos primeiros minutos com o golo marcado por Diego Zaporo, aos cinco minutos. O ascendente da equipa de Pinhal Novo fazia-se notar e foi sem grande surpresa que surgiu o segundo, desta vez marcado por Ni Plange, aos 21 minutos. Na 2.ª parte a equipa alentejana tentou minimizar a situação mas os mesmos protagonistas voltaram a entrar em acção e, no espaço de dois minutos, resolveram de vez a questão com Diego Zaporo a fazer o 3-0 aos 58 minutos e Ni Plange a fechar a contagem aos sessenta.

Com esta vitória a equipa de Pinhal Novo passou a somar 22 pontos, subindo ao oitavo lugar da tabela classificativa.

Olímpico perde em Marvila

No Campo Eng.º Carlos Salema, um golo marcado por Ruizinho no final da primeira parte (43’), tramou o Olímpico do Montijo num jogo que teve duas partes diferentes. Na primeira, o Oriental esteve melhor e acabou por chegar ao golo mesmo à beira do intervalo mas na etapa complementar quem se superiorizou foi o Olímpico que criou várias oportunidades mas não conseguiu concretizar, nem mesmo de penalti, com Beto a desperdiçar. O jogo tornou-se dividido na parte final e o golo esteve na eminência de acontecer para qualquer dos lados. Em resumo, a equipa do Montijo fez um bom jogo mas não consegui evitar a derrota, a quarta nos últimos cinco jogos realizados. Na classificação a equipa caiu para o 10.º lugar seguindo com os mesmos pontos do Pinhalnovense.

Amora derrotado nos Açores

Pedro Russiano não foi feliz no seu jogo de estreia como treinador principal do Amora porque viu a sua equipa perder na deslocação aos Açores onde foi derrotada por 1-0, com o Sp. Ideal. Um golo marcado por Magrão, aos 33 minutos, levou a equipa açoriana para o intervalo a vencer. Na segunda parte o Amora tentou alterar o rumo dos acontecimentos mas não conseguiu, sofrendo assim a sal terceira derrota no arquipélago. Apesar da derrota a equipa manteve a sua posição no 5.º lugar mas viu alguns adversários ficarem mais próximos de si.

Comentários

- Pub -