Carlos Valente foi eleito presidente da direcção para os próximos dois anos

49
visualizações

O Palmelense Futebol Clube viveu na passada sexta-feira um dos momentos mais marcantes da sua história com a eleição dos novos órgãos sociais do clube, numa assembleia geral que terá sido das mais concorridas de sempre.

- Pub -

A apresentação de duas listas, coisa que não há memória de ter acontecido antes no clube, fez agitar as massas que compareceram em grande número no local da votação.

Carlos Valente, candidato da lista ‘A’, com 151 votos, foi eleito presidente da direcção para os próximos dois anos superando o actual presidente João Paulo Santos, candidato pela lista ‘B’, em 48 votos.

Eleitos foram também Vítor Hugo Alves, Teresa Monteiro e Bruno Pombo, como vice-presidentes; João Carlos Torcato, secretário-geral; Emília Costa e Paula Ferreira, secretárias; Susana Valente, tesoureiro; Paulo Machado, Paulo Sousa, Joaquim Matos, Arménio Lopes, Arménia Pereira, Luísa Serrano, Cristina Santos, Beatriz Costa e David Alves, vogais. Paulo Mota é o novo presidente da Mesa da Assembleia Geral e Luís Pedro Mares, presidente do Conselho Fiscal.

Entre os 259 votantes, números de fazer inveja a muitos clubes e âmbito nacional,151 votaram na lista ‘A’ liderada por Carlos Valente, 103 votaram na lista ‘B’ de João Paulo Santos, foram apurados também 4 votos em branco e um voto nulo.

Depois de quatro anos de ‘governação’ em que foi notório o crescimento e o desenvolvimento do clube (a todo os níveis), João Paulo Santos cedeu o seu lugar a Carlos Valente que vai ter agora oportunidade de colocar em prática aquilo que havia proposto aos associados no seu manifesto eleitoral, nomeadamente: a certificação da escola de formação e criação de uma equipa de coordenação, modernização dos canais de comunicação e infra-estruturas do clube, preparar a ascensão da equipa sénior de futebol aos nacionais, retenção de talentos visando o futuro reforço das equipas seniores de futebol, reforçar a equipa técnica de atletismo, angariar novos atletas e introdução de novas modalidades.

Comentários

- Pub -