Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Inicio Autores Posts por Amelia Antunes

Amelia Antunes

15POSTS 0COMENTÁRIOS
Advogada

Posts por Amelia Antunes

A Política de Solos (Continuação)

Os Planos Diretores Municipais, PDMs, e Intermunicipais, PDIMs, são os instrumentos de gestão territorial que incorporam a classificação do uso do solo como solo urbano ou solo rustico.

A política de solos

A Lei de Bases da Politica Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo entrou em vigor no dia 30 de junho de 2014, tal como previsto no artigo 84º da lei nº.31/2014 de 30 de maio.

Lei de Bases da Habitação Pelo direito à habitação. Pelo...

O direito à habitação está consagrado na Constituição da República Portuguesa, no seu artigo 65º.

A Mitomania

O mundo está a viver hoje em circunstâncias de grande instabilidade, insegurança, de descrédito das instituições, de falta de confiança no outro, de rumo incerto.

Um passe (o) para a mobilidade

O Governo da Republica e os Municípios das Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto, entenderam-se no lançamento de "Um Passe Social Multimodal

A Descentralização e o Estado de Direito Democrático

A descentralização de competências do Estado Central é um imperativo constitucional ancorado nos princípios da subsidiariedade e da autonomia das autarquias locais. Foram já várias...

Descentralização – O Poder das Assembleias Municipais I

Os órgãos representativos do município são a assembleia municipal e a câmara municipal.

Pacto de Milão sobre política de alimentação urbana

A Resolução da Assembleia da Républica nº. 65/2015, publicada do Diário da Républica, 1ª. Série, nº. 116 de 17 de Junho de 2015, com o título “Combater o Desperdício Alimentar para Promover uma Gestão Eficiente dos Alimentos”, designou o ano de 2016 como o ano Nacional do combate ao desperdício alimentar.

Portadores de boas notícias

A realidade mostra, ensina que na «natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma». Esta é, aliás, a lei de Lavoisier sobre a matéria.

O Povo vota sempre bem

O voto é a arma do povo. O povo vota sempre bem. As explicações são simples. Não vale a pena valorizar ou desvalorizar as circunstancias e os contextos de atuação, com exceção dos que não querem ver ou se recusam a ver. Mas esses não contam. O tempo se encarrega de andar para a frente.
- Pub -
- Pub -