Bienal de Pintura em formato Pequeno distingue valor da arte

24
visualizações

Artista plástico, Pedro Espanhol, vence Bienal de Pintura de Pequeno Formato

 

- Pub -

 

 

O artista plástico e professor de artes Pedro Espanhol é o vencedor da IX Bienal de Pintura de Pequeno Formato – Prémio Joaquim Afonso Madeira, com a obra “Backsider #3”.

Para Pedro Espanhol este prémio representa “uma exposição e forma de reconhecimento bastante significativa”. Sendo também o o momento que antecede uma nova exposição da série “O Homem da Caixa”, a realizar de 7 a 21 de Julho. Desta vez o palco será Aveiro.

Sobre o seu percurso nas artes plásticas e nos ateliers desenvolvidos com crianças, Pedro Espanhol defende uma máxima: “arte é vida”. E é por isso que fomenta nos seus alunos “o gosto por conhecerem a influência da arte na história”, revela.

Para além da obra de Pedro Espanhol, o júri da Bienal de Pintura de Pequeno Formato atribuiu um prémio revelação a Alexandre Coxo e menções honrosas aos artistas Ana Calças, Bela Branquinho e Maria Manuel Morgado. As obras premiadas foram divulgadas na inauguração da exposição da Bienal, que vai estar patente no Moinho de Maré de Alhos Vedros até 28 de Julho.

A Bienal de Pintura de Pequeno Formato – Prémio Joaquim Afonso Madeira é uma organização conjunta da Câmara Municipal da Moita, Junta de Freguesia de Alhos Vedros e CACAV – Círculo de Animação Cultural de Alhos Vedros e pretende ser um incentivo à criação artística, no domínio da pintura, através do apoio aos artistas, na valorização do seu trabalho e no encontro destes com a comunidade.

Comentários

- Pub -