Recuperação dos Paços do Concelho vai ter segundo concurso público

49
visualizações

Álvaro Amaro revelou que procedimento ficou deserto e explicou obra que vai ser feita

 

- Pub -

 

 

 

A sessão de câmara, a primeira do mês de Julho, começou com os pedidos de substituição devido a férias da vereadora Fernanda Pésinho por Zoraima Prado e de Adílo Costa por Tiago Paulino, da CDU. O socialista António Braz substituiu a vereadora Mara Rebelo e José Calado, do MIM foi substituído por Palmira Hortense. Depois de aprovadas as substituições, o presidente da Câmara de Palmela, Álvaro Amaro deu algumas informações, com destaque para o lançamento de novo concurso, o primeiro ficou deserto, para a empreitada de recuperação do salão nobre dos paços do concelho. O preço base do concurso atinge o montante de mais de 725 mil euros. A intervenção envolve uma obra extremamente complexa, revelou o edil palmelense, e “irá permitir a recuperação e preservação do património histórico do Salão Nobre, através da eliminação de patologias e da conservação e restauro das pinturas murais que valorizam esta área nobre do edifício”.

A empreitada, revelou Álvaro Amaro, “incluirá a reabilitação de fachadas e coberturas e do terraço, colunas e pilastras”, que darão o acesso exterior ao salão nobre.

Maior mobilidade

Actualmente os cidadãos de mobilidade reduzida não têm acesso ao primeiro piso do edifício, e daí que uma das preocupações da autarquia tenha sido dar maior mobilidade ao espaço de todos os munícipes, para além de passar a ter um maior desempenho energético.

O concurso contempla duas áreas de intervenção, explicou o autarca, pois “uma parte da obra é cofinanciada por fundos comunitários”, que contempla “a reabilitação das fachadas e coberturas incluindo saguão, zona da arcada, galeria e pátio exterior poente”.

A outra parte da intervenção é suportada pelo apoio financeiro da Câmara e incidirá na reabilitação do salão nobre e as áreas adjacentes nos pisos 0 e 1 e salas a criar no sótão.

 

 

Bombeiros recebem apoios para viaturas

 

A Associação de Bombeiros de Águas de Moura vai receber um apoio da Câmara de Palmela, no montante de 30 mil euros para comparticipar a compra de uma ambulância de socorro e de 10 equipamentos de proteção individual.

Também os Bombeiros de Pinhal Novo recebem igual valor para ajudar na compra de um veículo de combate a incêndios florestais e de uma viatura de transporte de passageiros disponível para cadeira de rodas. A Câmara irá apoiar cada associação com a verba de dois mil euros para a formação dos bombeiros.

 

 

Chafariz Dona Maria I na fase de projecto

 

A reparação e conservação do Chafariz D. Maria I tem em execução o projecto, anunciou Álvaro Amaro, que envolve a intervenção a “nível dos paramentos, reboco e pintura, tratamento dos dois tanques laterais, incluindo a sua limpeza, impermeabilização e reposição da drenagem, e tratamento dos elementos em pedra dos tanques”.

A intervenção realizada com dinheiros municipais envolve um custo superior a 11 mil euros, mas Álvaro Amaro esclarece que a obra só poderá avançar depois do projecto “ser aprovado pela Direção Geral do Património Cultural, porque o chafariz é monumento classificado”.

Comentários

- Pub -