Novo proprietário propôs a constituição de uma SAD

129
visualizações

O clube fica com plena propriedade dos terrenos do Estádio Alfredo da Silva e com o usufruto das restantes partes do complexo no período das 19 às 24 horas, nos dias úteis e aos fins-de-semana, para as competições.

 

- Pub -

O Grupo Desportivo Fabril promoveu na passada sexta-feira uma Assembleia Geral Extraordinária que tinha como ponto único da ordem de trabalhos a “discussão sobre a venda dos terrenos do Complexo Alfredo da Silva, cedência dos direitos de superfície e aquisição do Estádio Alfredo da Silva”.

No decorrer da AG, Faustino Mestre informou que o Grupo Mello havia vendido o complexo a um novo proprietário, sem informar ou propor o direito de preferência ao Grupo Desportivo Fabril, que detém o direito de superfície por mais 30 anos.

Na proposta da direcção apresentada na Assembleia Geral, que foi aprovada, Faustino Mestre informou que o novo proprietário negociou com o Grupo Desportivo Fabril o direito de superfície, propondo que o clube fique com plena propriedade dos terrenos do Estádio Alfredo da Silva. O Desp. Fabril ficará também com o usufruto das restantes partes do complexo, sem custos nem término, no período das 19 às 24 horas, nos dias úteis e aos fins-de-semana, para as competições. O Pavilhão Vítor Domingues, que irá ser destruído, só poderá ser demolido quando o novo pavilhão estiver concluído e a funcionar.

Segundo foi referido o novo proprietário já encetou conversações e um processo negocial para a participação do Grupo Desportivo Fabril, como parceiro da sua Academia de Futebol e ficou também expresso que o novo proprietário pretende também ser parceiro na constituição de uma SAD com o Grupo Desportivo Fabril.

Comentários

- Pub -