Juniores do Vitória salvam-se da descida na derradeira jornada

36
visualizações

Sadinos ganharam à Académica e beneficiaram do empate do Cova da Piedade

 

- Pub -

 

Após uma temporada de grande sofrimento, a equipa de juniores do Vitória FC teve um final feliz após vencer no sábado no reduto da líder Académica de Coimbra, por 1-2, resultado que permitiu à equipa evitar a descida de divisão e garantir a continuidade na principal prova nacional no escalão de sub-19 em 2019/20.

À entrada para a 14.ª e última jornada da fase de manutenção do campeonato de juniores, os sadinos estavam nos lugares de descida (com 27 pontos) a dois pontos de distância do Cova da Piedade, vizinho do concelho de Almada que foi ultrapassado na tabela após uma jornada final imprópria para cardíacos.

O conjunto setubalense beneficiou do empate (2-2) registado entre os piedenses e a União de Leiria. O desfecho nesse encontro, aliado ao triunfo obtido pelos vitorianos no reduto dos estudantes, permitiu aos comandados de Alexandre Santana terminar a competição com os mesmos 30 pontos do Cova da Piedade.

Os sadinos mantiveram-se à tona da linha de água e afundaram o Cova da Piedade na classificação graças ao primeiro dos critérios de desempate: o confronto directo. Depois de um empate (1-1) na primeira volta da fase que agora terminou, os sadinos venceram 4-2 no Estádio do Bonfim no passado 25 de Maio.

 

Vitória Campeão de veteranos em Tondela

 

No futebol, o Vitória teve mais motivos para festejar no fim-de-semana. Além da permanência dos juniores no escalão principal, a equipa de veteranos deslocou-se ao distrito de Viseu para conquistar um troféu para o clube. A equipa vencer na tarde de sábado o FC Porto, por 2-1, na final do Torneio de Tondela, depois de ter eliminado a equipa da casa nas meias-finais da prova.

 

Sub-23 observados no estágio

 

Dentro de três semanas será a vez da equipa principal, que agendou para 24 de Junho o regresso ao trabalho, dar início à preparação da temporada 2019/20 no Estádio do Bonfim. Depois de os primeiros dias serem dedicados à realização dos habituais exames médicos, o plantel seguirá para o estágio no Luso, que decorre entre 28 de Junho e 6 de Julho.

O nome dos jogadores ainda não é conhecido mas é certo que alguns dos jogadores – número total ainda não está definido – que integraram a equipa de sub-23 do vitoriana, comandada por Chiquinho Conde na temporada transata, vão integrar o estágio de pré-época dos sadinos, que vão ficar instalados no Grande Hotel do Luso.

Com o objectivo de dar oportunidade a alguns dos elementos que mais se destacaram na Liga Revelação, o treinador Sandro Mendes vai observar atletas no estágio que, depois de dois anos em que os trabalhos na pré-época se realizaram em Espanha (Ayamonte e Islantilla), regressa a território nacional.

 

Dupla sem direito a férias

 

O médio André Pedrosa e avançado Alex Freitas aproveitam o período de férias para continuar o plano de recuperação das lesões que contraíram em Janeiro de 2018. Depois das cirurgias a que foram submetidos – respectivamente a uma rotura do ligamento cruzado anterior do joelho e a uma lesão no tendão de Aquiles – ambos continuam a seguir o plano de recuperação traçado pelo departamento médico.

Refira-se que André Pedrosa, de 22 anos, que se lesionou diante do Sporting, a 30 de Janeiro, dia em que Sandro Mendes se estreou no comando técnico, fez cinco partidas em 2018/19. Na sua época de estreia, Alex Freitas, de 27 anos, alinhou em 15 partidas oficiais (11 na Liga NOS) até ao jogo que fez no reduto do Desportivo das Aves, duelo que marcou a despedida de Lito Vidigal do Bonfim.

 

 

Ginástica conquista títulos nacionais

 

O Vitória FC foi no sábado a Salvaterra de Magos obter vários resultados de relevo no Encontro Nacional de Infantis. A ginástica do clube setubalense esteve presente com nove ginastas que competiram nas especialidades de Duplo Mini Trampolim e Trampolim Individual. Os ginastas foram acompanhados pelos treinadores Rodrigo Couto e António Pedro Duarte destacaram-se com os seguintes resultados:
Em Duplo Mini Trampolim, por equipas femininas, o Vitória foi campeão nacional com as ginastas Rafaela Rosa, Mariana Rosado e Maria Pestana. Em masculinos, também na prova colectiva, os sadinos foram vice-campeões nacionais com Martim Conceição, Diogo Faria, Rodrigo Fonseca e João Hora.
Na competição Individual, Rafaela Rosa foi vice-campeã nacional em trampolim, enquanto na competição por equipas masculinas, Martim Conceição, Diogo Faria, Rodrigo Fonseca e João Hora foram campeões nacionais.

 

Tumbling brilha em Mem Martins

 

Várias ginastas do Vitória FC estiveram em destaque no Open AGL de Tumbling, em Mem Martins, ao conquistarem vários pódios em quase todos os escalões. Os 30 atletas participantes, treinados por Margarida Maia, conseguiram vários resultados relevantes na competição.

Em infantis femininos individual, Maria Carvalho alcançou o 2.º lugar, repetindo a mesma posição por equipas (Maria Carvalho, Maria Nunes, Sofia Cruz e Íris Serra). Em infantis masculinos Individual, Duarte Rocha subiu ao lugar mais alto do pódio, posto que Maria Lopes também conseguiu em femininos e Gabriela Guilherme foi 3.ª. Por equipa, as vitorianas terminaram em 2.º com as ginastas (Maria Lopes, Raquel Seabra, Joana de Deus e Filipa Conceição).

Em iniciados masculinos individual e colectivo, o Vitória foi 1° classificado com Diogo Duarte (individual) e Diogo Duarte, Diogo Botelho e Tiago Narciso (por equipas) a brilharem. Em juvenis femininos individual, Inês Grácio foi 3.ª, posição que também foi conseguida por equipas com Inês Grácio, Maria Dias e Sara D’Aires.

Em juniores masculinos individual, Francisco Vaz e Ricardo Licciardello foram 2.º e 3.º classificados, respectivamente. Em seniores femininos individuais, o 2.° lugar foi de Marta Mariano e p 3.º de Margarida Mendes. Por equipas, o Vitória voltou a subir ao lugar mais alto do pódio com as ginastas Marta Mariano, Margarida Mendes e Catarina Valente.

Comentários

- Pub -