Santa Casa da Misericórdia caminha em solidariedade com a Liga

43
visualizações

Uma centena e meia de caminhantes reforçou a importância do trabalho solidário entre a Misericórdia de Setúbal e a Liga Portuguesa Contra o Cancro

 

- Pub -

 

 

A caminhada solidária “Caminhar pelo Coração”, organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Setúbal reuniu 150 participantes este sábado na Praça de Bocage, um número recorde em mais e uma década. Quanto à receita resultante da iniciativa reverteu para o Grupo de Apoio de Setúbal da Liga portuguesa Contra o Cancro (GASET).

“Caminhar Pelo Coração” foi organizado pela primeira vez em parceria com o Grupo de Apoio de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro, na sequência de um protocolo assinado com a Misericórdia de Setúbal, que entregou ao GASET um cheque no valor de 150,00 Euros.

Para Cardoso Ferreira, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, esta iniciativa reflecte uma manifestação de solidariedade. “Mais do que o exercício físico, que também faz bem e é necessário. Acima de tudo é uma manifestação e uma adesão à solidariedade”, afirma.

Estela Rangel e Sílvia Ferreira, fisioterapeutas da Clínica de Medicina Física e Reabilitação da Misericórdia de Setúbal, organizam a caminhada solidária há cerca de 10 anos, e afirmam que esta foi a primeira vez que a iniciativa teve um objectivo solidário.

A ideia surgiu no âmbito do protocolo existente entre a Santa Casa e o Grupo de Apoio de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro e levou a organização a dobrar o número habitual de participantes no evento.

 

Liga Contra o Cancro muito para além do apoio a doentes

 

Isabel Machado, da equipa de coordenação do GASET considera a parceria com a Misericórdia de Setúbal “um excelente exemplo” e sublinhou que é também “por generosidade da Santa Casa”, que o Grupo de Apoio de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro dispõe de boas instalações no Bairro Salgado.

O apoio ao doente oncológico e seus familiares é o objectivo central desta instituição, contudo, Isabel Machado destaca como igualmente importante, “as preocupações com a promoção da saúde e a prevenção das doenças oncológicas”. Motivo pelo qual o GASET é proactivo na “promoção de estilos de vida saudáveis”, através de “alimentação saudável, e caminhada”, explica.

Isabel Machado acrescenta ainda que, entre o apoio que é prestado ao doente oncológico pelo Grupo de Apoio de Setúbal da Liga Portuguesa Contra o Cancro, contam-se ainda “consultas de psicooncologia reiki, apoio jurídico, apoio medicamentoso a pessoas carenciadas, próteses mamárias, soutiens ou lenços”.

No sentido de promover estilos de vida activos, a instituição organiza ainda ateliers de pintura e de trabalhos manuais, que permitem ao doente oncológico “desenvolver as suas competências” e contribuem para ajudar a ultrapassar “o período psicologicamente difícil que a doença oncológica acarreta”.

Comentários

- Pub -