“É uma iniciativa de tradições, identidade e futuro”

41
visualizações

Nuno Costa, presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião

 

- Pub -

 

 

Para os 11 dias de Semana do Mar e do Pescador está prevista a dinamização de várias actividades pertencentes a um programa que Nuno Costa, presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, em entrevista a O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO, define como “muito eclético, muito abrangente, que trará com certeza milhares de pessoas a estas comemorações”.

 

Com actividades de cariz económico, religioso, cultural, ambiental, educativo e de lazer, a Semana do Mar e do Pescador reúne, segundo Nuno Costa, “todas as dimensões que trazem para cima da mesa as questões ligadas ao mar, as questões ligadas às nossas tradições, à nossa identidade e ao nosso futuro”. Com a certeza de que o futuro da cidade acontecerá com uma forte componente ligada ao mar, o autarca aproveitou ainda este momento para realçar a importância do trabalho realizado em conjunto com as escolas, com e para os mais novos, não esquecendo assim a componente educativa deste projecto.

 

Este é o primeiro ano em que a Junta de Freguesia de São Sebastião faz parte da organização do evento, numa parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, a União das Freguesias de Setúbal e a Junta de Freguesia de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, que “cumpre assim o objetivo de juntar autarquias com importantes comunidades piscatórias no concelho”. O presidente Nuno Costa acrescenta ainda que é bom lembrar  que “a iniciativa tem quatro anos de forte participação dos setubalenses. Uns ligados ao mar, mas outros não, que vêm ver, aprender, ver uma exposição ou assistir a um debate” e considera que a edição deste ano “será de facto um sucesso, quer em termos de participação como em termos de qualidade”.

 

Comentários

- Pub -