Vasco Fernandes e Jhonder Cádiz premiados por O Setubalense

14
visualizações

Iniciativa de O Setubalense distingue jogadores que estiveram em evidência em 2018/19

 

- Pub -

O defesa Vasco Fernandes (prémio fair-play) e o avançado Jhonder Cádiz (prémios jogador do ano e melhor marcador) são hoje, a partir das 17 horas, agraciados com os troféus atribuídos pelo jornal O Setubalense – Diário da Região, que anualmente distingue os atletas do Vitória FC que mais se destacaram na equipa principal em 2018/19.

Vários jogadores, elementos da equipa técnica e dirigentes do emblema sadino já confirmaram a sua presença na iniciativa, que tem lugar no restaurante Vela Branca, localizado no Parque Urbano de Albarquel. O evento acontecer quatro dias depois de a equipa ter feito o seu jogo de despedida de uma temporada em que terminou na 13.ª posição da I Liga, com 39 pontos.

O venezuelano Jhonder Cádiz bisa nos prémios, sendo o primeiro deles conquistado por ter sido o melhor marcador da equipa. Com mais do dobro dos golos apontados pelos colegas de ataque Berto e Mendy, ambos com quatro golos cada, o venezuelano faturou por nove vezes no campeonato tornando-se uma peça fundamental na equipa de Sandro Mendes, que tirou o melhor partido do jogador na segunda metade da época.

Além do prémio de melhor marcador (patrocinado pelas Ópticas Portugal), o atacante, de 23 anos, será distinguido por O Setubalense com o prémio de melhor jogador (atribuído pela Gásvari), troféu que tem como objectivo laurear o atleta que mais vezes se cotou como melhor elemento em campo. Com seis citações, Jhonder Cádiz ficou à frente dos colegas Éber Bessa e Berto, ambos com três cada.

Jhonder Cádiz, que assinou contrato válido com o Benfica para as próximas cinco épocas, vai esta semana juntar-se à selecção da Venezuela, que está nos Estados Unidos a preparar-se para a Copa América, que arranca a 14 de Junho. O avançado integra a lista de 40 jogadores que o seleccionador Rafael Dudamel vai reduzir para os 23 que vão estar na competição que vai decorrer no Brasil.

Capitão Vasco foi rei do fair-play

O central Vasco Fernandes, de 32 anos, recebe esta tarde o prémio fair-play, patrocinado pelo restaurante Vela Branca. Nos 2970 minutos que fez em 33 partidas na presente época, o capitão viu “apenas” por cinco vezes o cartão amarelo, ou seja, foi advertido uma vez a cada 594 minutos, números que dizem bem da forma correta como o patrão da defesa se comportou em campo.

Para determinar o vencedor do prémio fair-play foram excluídos todos os atletas que tenham visto cartões vermelhos (directos ou por acumulação de amarelos), bem como os que alinharam em 10 jornadas, ou menos, no campeonato. No caso de Vasco Fernandes, foram divididos os minutos em que actuou (2970) pelo número de cartões. Os 594 minutos, seguindo os critérios referidos, permitiram que o capitão ficasse à frente de jogadores dos segundo e terceiro classificados, respectivamente, Makaridze (dois cartões amarelos em 11 jogos) e Alex Freitas (um também em 11).

 

——————————————————–

 

PRÉMIOS O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO – CLASSIFICAÇÃO FINAL

Melhor jogador:

Classificação

1.º Jhonder Cádiz

2.º Éber Bessa

3.º Berto

4.º Vasco Fernandes

5.º Makaridze

————————-

Melhor marcador

Classificação                      Golos

1.º Jhonder Cádiz            9

2.º Berto                             4

2.º Mendy                          4

4.º Nuno Valente            2

4.º Éber Bessa                  2

4.º José Semedo             2

————————-

Fairplay

Classificação

1.º Vasco Fernandes

2.º Makaridze

3.º Alex Freitas

4.º Mikel Agu

5.º Cristiano

Comentários

- Pub -