Nuno Pinto e mais dez. Vitória preparado para receber Rio Ave

28
visualizações

Jogador regressa ao relvado após linfoma descoberto em Dezembro

 

- Pub -

O treinador Sandro Mendes revelou hoje que o defesa Nuno Pinto vai ser titular na recepção do Vitória de Setúbal ao Rio Ave, no sábado, em jogo da 34.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O técnico anunciou que o jogador que foi diagnosticado com um linfoma em dezembro de 2018, e anunciou estar “limpo” do mesmo em março de 2019, vai atuar os primeiros minutos na partida do Estádio do Bonfim, em Setúbal.

“Amanhã (no sábado), vai ser o Nuno Pinto e mais 10 jogadores”, revelou o timoneiro dos sadinos, em conferência de imprensa.

Depois de o Vitória de Setúbal ter assegurado a permanência na I Liga, após vencer na jornada anterior em Chaves (2-1), Sandro Mendes quer agora despedir-se com um triunfo frente aos vila-condenses.

“Sofremos muito tempo para atingir um objetivo e muitas vezes, inconscientemente, os jogadores podem tirar um bocadinho o pé ou esvaziaram um bocadinho o balão. Esperemos que isso não aconteça para fazermos um bom jogo e acabarmos da melhor maneira esta época”, disse.

O Rio Ave é um oponente contra quem o conjunto setubalense não espera ter facilidades, referiu o técnico.

“Esperamos um jogo bastante difícil contra uma equipa com muito valor individual e colectivo. Gostam de ter bola e sabem tê-la e isso complica. O nosso empenho será o mesmo”, assegurou.

Apesar de a permanência só ter sido consumada na penúltima jornada, Sandro Mendes fez questão de elogiar os seus jogadores referindo que o empenho do grupo foi uma constante.

“O ambiente entre nós sempre foi positivo, mas, sem dúvida, a carga psicológica do objectivo não atingido pesava e tinha sempre alguma interferência do que é o nosso dia-a-dia. O grupo está de parabéns, conseguimos o que tanto queríamos: manter o Vitória na I Liga. Não é caso para festejar, mas é caso para estarmos satisfeitos por aquilo que fizemos”, vincou.

Com mais dois anos de contrato, Sandro Mendes, que em Janeiro substituiu Lito Vidigal no comando técnico dos vitorianos, comenta o seu futuro.

“Quando aceitei o desafio, que não era nada fácil, deram-me um contrato de dois anos e meio. Se não tivesse vontade em continuar já o teria dito. A minha vontade é continuar e acho que está tudo encaminhado para que isso aconteça”, revelou.

Frente ao Rio Ave, o Vitória de Setúbal não pode contar com os lesionados André Pedrosa e Alex Freitas, bem como do castigado Mendy. De regresso às opções está Nuno Valente, que cumpriu castigo na jornada passada.

Vitória de Setúbal, 13.º classificado com 36 pontos, e Rio Ave, oitavo com 42, defrontam-se no sábado, a partir das 15:30, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, numa partida que vai ser dirigida por Cláudio Pereira, da associação de Aveiro

Lusa

Comentários

- Pub -