Triunfo em Sines coloca ponto final numa série negativa de resultados

30
visualizações

O Moitense foi a grande sensação da 27.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, com a derrota que impôs ao Vasco da Gama, quarto classificado, em pleno no Estádio Municipal de Sines.

- Pub -

 

À partida para esta jornada a equipa de Sines tinha 48 pontos contra 27 do Moitense e, para além disso, tinha também mais golos marcados, menos sofridos, mais vitórias e menos derrotas. Ou seja, o favoritismo pendia claramente para o lado da equipa de Sines que jogava em casa, onde apenas havia perdido uma vez, em Fevereiro, com o Alcochetense.

 

As estatísticas eram todas desfavoráveis ao Moitense mas isso não constituiu obstáculo e a grande verdade é que a equipa treinada por José Alexandre conseguiu baralhar e até mesmo superar todas as previsões, comprovando desta forma que cada jogo é um jogo e que em nenhum deles há vencedores antecipados.

 

Depois de uma primeira parte sem golos, o Moitense adiantou-se no marcador por Amieiro, aos 47 minutos. Passado algum tempo, Márcio Madeira empatou na cobrança de um pontapé de penalti. A equipa da Moita não esmoreceu, continuou a lutar e desfez a igualdade por intermédio de Patrick, aos 69 minutos, também na conversão de uma grande penalidade. O Vasco da Gama, descontente com o resultado, fazia tudo para chegar pelo menos à igualdade, mas Patrick acabou de vez com essa intenção marcando o golo da confirmação do triunfo, aos 90 minutos.

 

Esta foi uma vitória muito saborosa para o Moitense que colocou assim um ponto final numa série negativa de resultado que ia já em seis derrotas consecutivas.

 

Com os pontos conquistados a equipa da Moita ultrapassou o Beira Mar de Almada e o Charneca de Caparica na tabela classificativa, subindo ao 12.º lugar.

 

Nos três jogos que faltam disputar, o Moitense tem dois em casa, com o Alfarim e Barreirense, e um em terreno alheio, com o FC Setúbal.

Comentários

- Pub -