Uma assembleia ilucidativa

40
visualizações
Francisco Ramalho – Ex-bancário, Corroios

Com uma extensa ordem de trabalhos, saudações ao 25 de Abril e ao 1º de Maio e assuntos de vital importância para a sua população e não só, reuniu a 29 do passado mês no seu auditório (José Queluz), a Assembleia de Freguesia de Corroios.

- Pub -

Já aqui temos dito que a principal causa da ascensão de populistas, da extrema direita e mesmo do neo-fascismo um pouco por todo o mundo, nomeadamente aqui na Europa, é o resultado da desilusão de largos sectores da população com as políticas anti-populares praticadas pelo denominado centrão. Felizmente, Portugal, neste caso, ainda é um oásis. Mas, com exemplos  como adiante se verá…

Voltemos então à citada reunião magna dos representantes do povo de Corroios, onde os eleitos pela CDU apresentaram moções sobre a saúde, o estacionamento na vila, o novo passe intermodal  mais e melhores transportes públicos e pela conclusão das obras na Escola João de Barros.

Quanto à saúde, cujos serviços continuam a ser prestados no velhinho e limitadíssimo Centro de Saúde,exige-se que em relação ao novo Centro que supostamente deveria ter ficado pronto em 2018, arranquem finalmente as obras ainda este mês ou no próximo. No que diz respeito ao tão reclamado e necessário Hospital do Seixal face à saturação do Garcia de Orta que, segundo o senhor Secretário de Estado da Saúde Manuel Delgado em 9/5/17, estaria ao serviço da população em finais deste ano, exige-se, evidentemente, o arranque das obras o mais rapidamente possível.

Em relação a transportes, os subscritores da moção congratulam-se com a conquista do passe social intermodal a preços acessíveis na Área Metropolitana de Lisboa, exigem um forte investimento na melhoria dos transportes públicos e toda a sua infraestrutura física, operacional e humana e a concretização de uma velha aspiração e proposta da J F de Corroios ; a criação de 4 carreiras em circuito na Freguesia para uma melhor mobilidade dos residentes aos serviços existentes: Escolas, Junta de freguesia, Centro de Saúde, Correios, Comércio local e outros.

Relativamente às obras de Santa Engrácia, perdão, às obras de requalificação da Escola Secundária João de Barros que já vão quase numa década com alguns avanços, muitos recuos e a promessa do atual Governo que estariam efetuadas até finais de 2018, pararam outra vez e sem se saber até quando, uma vez que o empreiteiro foi-se embora levando toda a maquinaria, sem sequer ter concluído a primeira das 3 fases. Portanto, o martírio dos alunos e professores encafuados em contentores prossegue sem fim à vista. Exigindo-se, evidentemente, ao Governo, um cabal esclarecimento e o comprometimento pela requalificação da escola de uma vez por todas.

Finalmente, a moção “POR UM ESTACIONAMENTO LIVRE”,  trata outra velha aspiração e justa reclamação da JF de Corroios e da CM do Seixal, que consiste em os parques da Fertagus deixarem de estar, grande parte deles, às moscas porque os utentes, para além dos bilhetes ou passes terem também que os pagar. Portanto, que sejam entregues à Autarquia, passando a mesma, a Câmara, a fazer a sua gestão pondo-os gratuitamente ao serviço dos utentes da Fertagus e de outros operadores públicos. Aliviando assim a carteira de quem precisa deslocar-se para o trabalho ou para outros fins e as ruas circundantes da estação ferroviária.

Pois bem, cremos ser consensual a justeza de tais reclamações e exigências. Agora vejamos o resultado da votação das  4 moções em causa, facto principal que motivou este artigo de opinião.

Assim, todas as moções foram aprovadas apenas com os votos da CDU e do Bloco de Esquerda, com uma única exceção; a respeitante à Escola João de Barros que também foi aprovada pelo PSD e o PS absteve-se. Na do passe intermodal, abstenção do PS e votos contra do PSD. Em relação à do Centro de Saúde  e novo Hospital do Seixal, PS absteve-se e PSD votou contra. E por último, a moção que reclama passarem os parques da Fertagus a ser gratuitos e geridos pela CM do Seixal, PS e PSD votaram contra.

Comentários

- Pub -