“Luís Firmino juntamente com o mister Sérgio Bóris foram os pais desta equipa”

14
visualizações

Este foi o sexto título de campeão distrital conquistado pelo clube, o segundo consecutivo de França, Pedro Pereira e Bruninho e o primeiro na carreira de Filipe Romão, jovem treinador de 24 anos

 

- Pub -

Aquilo que há muito era esperado acabou por acontecer no passado domingo, a conquista do título de campeão distrital da 1.ª divisão da AF Setúbal por parte do Grupo Desportivo Fabril.

 

A qualidade do plantel era claramente de excelência, os resultados foram surgindo, a vantagem foi-se alargando e nem as convulsões que foram surgindo, com as várias mudanças de treinador, constituíram grande obstáculo.

 

De parabéns está toda a estrutura do clube, e principalmente o seu líder, que independentemente do seu carácter, conseguiu reunir um grupo de pessoas capazes de levar a água ao seu moinho.

 

No final do jogo com o Banheirense houve festa rija no Estádio Alfredo da Silva com toda a gente a festejar a conquista do sexto título de campeão distrital e alguns jogadores a comemorarem o segundo consecutivo, como foi o caso de França, Pedro Pereira e Bruninho que na época anterior também foram campeões pelo Amora.

 

Filipe Romão, de 24 anos, que sucedeu a Nuno Guia, João Suzano e Jorge Prazeres, no comado técnico da equipa, não escondia a sua satisfação pelo feito conseguido.

 

“Este foi o desfecho que procurávamos. Uma vitória categórica e o título de campeões. Somente com um grupo fantástico, de homens de grande carácter, humildade e competência, foi possível aos 24 anos ter-me tornado um campeão distrital. Este título deve-se, sem margem para dúvidas, aos nossos fantásticos jogadores, mas também ao contributo do nosso presidente, que é verdadeiramente um homem de grande coragem e inteligência; director desportivo, que fez um trabalho simplesmente incrível e apaixonante; director das instalações pela sua disponibilidade e dedicação constante; tesoureiro e restantes membros da direcção, por todo o apoio e contributo que deram nesta longa caminhada; técnico de equipamentos, tratadores de relva, gestor das redes sociais e fotógrafo. Assim como da equipa técnica constituída por Luís Castro, Adinylson Fonseca, Guilherme Giovety, Jailson Vieira e Mário Parreira, pela sua enorme competência e dedicação e das equipas técnicas anteriores, que fizeram um trabalho simplesmente fenomenal”, realçou.

 

Mensagem do Presidente

 

“Como presidente do GD Fabril cabe-me agradecer a todos os que participaram nesta ‘maratona’. Em primeiro lugar estão os jogadores, porque sem eles não há títulos. Depois agradeço ao Luís Firmino, que juntamente com o mister Sérgio Bóris foram os pais desta equipa, ao Carlos Vieira que apesar dos seus 82 anos, sempre esteve no seu posto para que nada faltasse aos seus ‘meninos’ e ao Jorge Luís que sempre cumpriu no final de cada mês. Um agradecimento especial ao menino feito homem, o mister Filipe Romão, que aceitou orientar esta equipa até ao fim, a toda a direcção e directores nomeados, pelo trabalho fantástico que desenvolveram e aos treinadores que por aqui passaram e que ajudaram a atingir o nosso objectivo. Alguns com o ego maior que a sua competência. Sinto-me feliz por coleccionar mais um título no meu clube. Fica provado que a maior competência de um presidente é escolher a equipa com quem se quer trabalhar”.

 

Comentários

- Pub -