Festival de ibero-americana movimenta economia da região

62
visualizações

O EXIB Música, evento que une a Península Ibérica e América do Sul chega a Setúbal pela primeira vez e promete deixar a sua marca na cultura e na economia

 

- Pub -

 

 

Cerca de 400 pessoas de países ibero-americanos participam de 12 a 15 de Junho, em Setúbal, no V EXIB Música, uma mostra de música ibero-americana com 20 concertos. Esta é a primeira edição do EXIB Música em Setúbal, depois de duas edições realizadas em Espanha e outras duas em Portugal, na região de Évora.

Durante a quinta edição deste evento o cantor português Zeca Afonso vai ser homenageado, assim como a cantora argentina, Mercedes Sosa, considerada uma das vozes mais famosas na América Latina, conhecida como a voz das pessoas sem voz.

O encontro internacional da música Ibero-americana é realizado com o apoio da Organização de Estados Ibero-americanos (OEI) e da Câmara Municipal de Setúbal, tendo como objectivo pretende promover o diálogo intercultural com a Europa através da cultura e da música.

No dia 12 de Junho o V EXIB Música começa com uma Gala de Inauguração, com a Companhia do Canto Popular, no Fórum Luísa Todi e conta com a presença de mais de uma centena de músicos e artistas de diversos países, designadamente de Portugal, Argentina, Brasil, Espanha, México, Uruguai, Paraguai, Perú e Venezuela.

Segundo a directora executiva do EXIB Música, Adriana Pedret o festival tem um orçamento de 130 mil euros, além do apoio logístico da Câmara Municipal de Setúbal. Adriana Pedret salienta ainda que, o festival deste ano inclui o “I Encontro sobre Gestão Musical e a Cidade”, com início às 11h00 do dia 13 de Junho, que reúne profissionais de diversos países com o objectivo de criar sinergias para novos eventos culturais e festivais mais sustentáveis.

Para a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, o EXIB Música é um projeto atípico, uma vez que vai ter mais de 20 concertos, a realizar na Praça do Bocage, na Casa da Baía e no Coreto da Avenida Luísa Todi, todos com entrada gratuita.

“Trata-se de um festival que não representa um encargo significativo para o município, que também é importante para a economia local, designadamente para a hotelaria e restauração, e constitui mais um passo para a projecção e internacionalização de Setúbal”, afirmou Maria das Dores Meira.

A autarca referiu ainda que o EXIB Música tem o apoio de diversos órgãos de comunicação social de âmbito nacional e o alto patrocínio do Presidente da República.

 

Lusa

Comentários

- Pub -