Vitória do Cova da Piedade sobre estudantes quase que garante manutenção

17
visualizações

O Cova da Piedade deu um passo extremamente importante para a manutenção na II Liga Portuguesa de Futebol, ao vencer em casa a Académica de Coimbra, por 2-0, em partida relativa à 32.ª e antepenúltima jornada da competição.

- Pub -

A equipa da margem sul do Tejo subiu ao nono lugar da tabela, com 41 pontos, mais quatro que Farense e Arouca [que empataram no jogo que disputaram no Algarve], e Varzim, que será o seu adversário na próxima jornada.

Frente a uma Académica com a sua situação já resolvida, os piedenses foram a equipa que mais fez pela vida e, apesar da maior posse de bola dos visitantes, chegaram ao golo na primeira oportunidade, quando Miguel Rosa, aos 25 minutos, desviou de cabeça um cruzamento de Stanley.

Os ‘estudantes’ esboçaram uma reacção tardia, a partir dos 35 minutos, mas, apesar de provocarem um par de ‘calafrios’ à defensiva da casa, sobretudo em lances de bola parada, não obrigaram o guarda-redes Anacoura a fazer uma defesa digna desse nome, com excepção de um remate de Romário Baldé, aos 50 minutos, que saiu à figura do italiano.

Apesar de postura mais defensiva, era o Cova da Piedade quem ia criando lances de perigo e os seus centrais, Yan Victor e Allef, no seguimento de pontapés de canto, deram o aviso, obrigando Ricardo Moura a duas defesas apertadas, aos 59 e 67 minutos, respectivamente.

Até que Ronaldo, que entrou muito bem para o lugar de Stanley, aos 57 minutos, forçou um erro na transição dos ‘estudantes’ e, já dentro da grande área, serviu Cele para o golo da tranquilidade já nos descontos (90+1’).

Comentários

- Pub -