Procuradora-geral da República abre Forum Abrigo

126
visualizações

Daniel Sampaio, professor catedrático de Psiquiatria, Rui Fiolhais, presidente do Instituto da Segurança Social, e o juiz desembargador Paulo Guerra vão marcar presença. Rodrigo Leão dará a conhecer tema oficial da Abrigo

 

- Pub -

 

A procuradora-geral da República, Lucília Gago, vai presidir à abertura do Forum Abrigo, que nesta quinta edição dará a conhecer o estudo de caracterização das crianças em risco e perigo nos concelhos de Montijo e Alcochete. O evento realiza-se no próximo dia 9 (quinta-feira), no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida, sob o mote “Que crianças queremos, que adultos teremos? Novas realidades, novos desafios: novas respostas?”

Além da intervenção da procuradora-geral da República, a sessão de abertura, pelas 9h30, contará ainda com as participações de Nuno Canta, presidente da Câmara do Montijo, e Manuel Meirinho, presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

Depois Jacinto Pereira, presidente da direcção da Abrigo – Associação Portuguesa de Apoio à Criança, apresentará o estudo intitulado “Caracterização das Crianças em Risco e Perigo nos Municípios de Alcochete e Montijo”.

A apresentação do tema oficial da Abrigo, interpretado por Rodrigo Leão, antecederá as “reflexões sobre infância e juventude” do primeiro painel que terá como oradores Daniel Sampaio, professor catedrático jubilado de Psiquiatria, da Universidade de Lisboa, e fundador da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, e Javier Urra, professor de Psicologia na Universidade Complutense de Madrid (Espanha), seguindo-se um debate. A moderação estará a cargo de Rui Fiolhais, presidente do Instituto da Segurança Social.

 

Acolhimento temporário em debate

 

O evento prosseguirá depois de uma pausa para almoço, a partir das 15h00, com um segundo painel de oradores.

“Acolhimento temporário: crianças, famílias e instituições – que caminhos para futuro?” será a temática que estará em cima da mesa. Este painel, que também será seguido de debate, contará com as participações de Celina Cláudio, directora técnica do Serviço de Acolhimento Familiar na Associação “Mundos de Vida”, Elisete Diogo, investigadora do CRC-W (Católica Research Center for Psychological, Family and Social Wellbeing), Vânia Pinto, do Rees Center for Research on Fostering and Education (Universidade de Oxford), e Luís Villas-Boas, director do Refúgio Aboim Ascensão. O moderador será o juiz desembargador Paulo Guerra, director adjunto do Centro de Estudos Judiciários.

A sessão de encerramento está prevista realizar-se a partir das 17h15 com participações de Fernando Pinto, presidente da Câmara de Alcochete, Nélia Alexandre, da equipa técnica regional de Lisboa, Santarém e Setúbal da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens, António Jaime Martins, presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, e João Castilho, presidente da Assembleia Geral da Abrigo. A apresentação das conclusões dos trabalhos, a cargo de Maria João Pena, professora no ISCTE-IUL, fecha esta quinta edição do Forum Abrigo, iniciativa bienal.

Comentários

- Pub -