Brigada ‘caça’ lixo em Melides e Troia

40
visualizações

Mais de 300 voluntários vão percorrer as praias de Grândola para apanhar lixo marinho e resíduos perigosos. A operação é desenvolvida pela Brigada do Mar que diz já ter limpo mais de 600 quilómetros de praias em Portugal

 

- Pub -

Até 18 de Maio estão a decorrer acções de limpeza de praias entre Melides e Tróia. Promovida pela associação ambiental Brigada do Mar esta operação abrange uma extensão de 45 quilómetros de costa e, refere a organização, “mais de 300 voluntários” para retirar do areal lixo marinho e resíduos perigosos, os são depois “encaminhando-os para o circuito de reciclagem e tratamento”.

Esta campanha anual, que vai na 11.ª edição, é da responsabilidade da Brigada do Mar e tem como objectivos a “recuperação do sistema dunar e a protecção da orla costeira”.

Sob o lema “indignação com Acção”, a associação afirma já ter “limpo em Portugal mais de 600 quilómetros lineares de costa, retirou mais de 550 toneladas de lixo do areal e com ela colaboraram mais de mais de 6 mil voluntários, em mais de 200 dias efectivos de iniciativas de limpeza e sensibilização”.

Hoje, é o último dia de preparação e recolha de grandes volumes, sendo que de amanhã a dia 12 a acção de limpeza decorre nas praias da costa de Grândola. Entre os dias 13 e 17 é feita a triagem do lixo recolhido, no campo da Feira de Melides e dia 18 a associação irá divulgar os resultados desta acção de limpeza dos areais.

A Brigada do Mar é uma associação de voluntários que desde 2009 desenvolve acções de protecção da biodiversidade e de intervenção ambiental, com especial foco na descontaminação e limpeza de praias da orla marítima portuguesa fora das áreas concessionadas.
Este projecto recolhe ainda resíduos perigosos, tais como: comprimidos, electrodomésticos em decomposição, líquidos corrosivos, bidões de óleo, material sanitário, seringas e cadáveres de animais que põem em causa a saúde pública.

Comentários

- Pub -