Nuno Valente regressa às opções e Mendy cumpre jogo de castigo

12
visualizações

Vitória começa hoje no Bonfim a preparar o duelo de segunda-feira com o Boavista

 

- Pub -

Após dois dias de folga, o plantel do Vitória FC começa hoje, a partir das 10 horas, no Estádio do Bonfim, a preparar a recepção de segunda-feira, 20:15 horas, ao Boavista, a contar para a 32.ª jornada da I Liga. Frente ao conjunto portuense, o treinador Sandro Mendes tem boas e más notícias. Por um lado, o médio Nuno Valente, que cumpriu um jogo de suspensão na ronda anterior, volta à ser opção, enquanto o avançado Mendy, por ter completado uma série de cinco cartões amarelos, está impedido de dar o contributo à equipa.

A três jornadas do final da competição, as contas vitorianas continuam longe de estar resolvidas. O empate (0-0) alcançado sábado no reduto do Santa Clara, não foi suficiente para evitar que vários adversários directos aumentassem a distância para os verdes e brancos que somam agora 33 pontos. Aves, Marítimoe Portimonense (todos com 36 pontos) venceram os respectivos encontros e ganharam novo balão de oxigénio para a recta final da prova.

Atrás dos sadinos na classificação estão agora o Chaves e Tondela, ambos com 31 pontos. Os transmontanos estão agora mais próximos do Vitória, uma vez que ganharam ao Nacional (4-1). O conjunto madeirense atrasou-se assim na luta pela fuga à despromoção estando agora com 27 pontos, menos quatro que Chaves e Tondela, que baqueou no Funchal, por 2-0, com o Marítimo. Já afastado da guerra pela sobrevivência está o Feirense, que já viu consumada a sua descida à II Liga.

Recorde-se que até final do campeonato, o Vitória vai ter pela frente, depois da recepção de segunda-feira ao Boavista, o Chaves (fora de casa) e o Rio Ave (no Bonfim). Já os flavienses jogam sábado no reduto do Feirense, recebem os sadinos e terminam a época com uma deslocação a Tondela. Antes do desse derradeiro encontro, os beirões jogam em Alvalade com o Sporting e antes disso, já no domingo, defrontam no seu estádio o Santa Clara. Além de Nacional, Tondela, Chaves e Vitória, o Boavista (35 pontos), Portimonense, Marítimo, Aves (todos com 36) e o próprio Santa Clara (38) ainda não garantiram matematicamente a permanência.

Comentários

- Pub -