Setúbal acolhe conferência internacional sobre vulnerabilidades da AML às alterações climáticas

123
visualizações

Iniciativa abre com intervenções de Dores Meira, Nuno Lacasta, presidente da APA, e Fernando Medina. Catedráticos Filipe Duarte Santos e Viriato Soromenho-Marques juntam-se a Rafaela Saldanha Matos, coordenadora do LNEC, para analisarem desafios da mudança climática

 

- Pub -

 

O Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, vai receber uma conferência internacional que visa debater as vulnerabilidades da Área Metropolitana de Lisboa (AML) às alterações climáticas e que irá contar com a participação do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes. A iniciativa, promovida pela AML com apoio da Câmara Municipal de Setúbal, está agendada para o próximo dia 8 de Maio e contemplará ainda uma apresentação do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas (PMAAC) da AML.

João Pedro Matos Fernandes irá intervir na sessão de encerramento que engloba uma primeira intervenção de Carlos Humberto, primeiro secretário da AML, prevista para as 16h30.

Subordinada ao tema as “Vulnerabilidades e Desafios Metropolitanos”, a conferência, organizada no âmbito da elaboração do PMAAC da AML, tem a sessão de abertura agendada para as 10h00, com intervenções de Maria das Dores Meira, presidente da autarquia de Setúbal, Nuno Lacasta, presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, e Fernando Medina, que preside ao Conselho Metropolitano da AML e à Câmara Municipal de Lisboa.

Logo de seguida, pelas 10h30, será feita uma apresentação sobre o PMAAC da AML, tendo como mote “Clima futuro e vulnerabilidades na Área Metropolitana de Lisboa”.

Uma hora depois (11h30) o painel composto pelos professores catedráticos Filipe Duarte Santos (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e Viriato Soromenho-Marques (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) e pela investigadora e coordenadora do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), Rafaela Saldanha Matos, irão dinamizar o debate em torno do tema “Desafios da mudança climática”.

 

Partilha de experiências e momento cultural

 

O trabalhos continuarão à tarde, a partir das 14h30, desde logo com a partilha de experiências sobre a matéria. Elena Veza Martinez, da Área Metropolitana de Barcelona (Espanha), Maurice Wagner, da Região Metropolitana de Frankfurt am Main (Alemanha), e Eduardo Vítor Rodrigues, presidente do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana do Porto, vão apresentar testemunhos sobre “Experiências metropolitanas de adaptação às alterações climáticas”.

Segue-se um apontamento cultural, pelas 16h00, com actuações da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, da Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi e do Teatro Oficina Multi Artes (TOMA).

As intervenções do primeiro secretário da AML e do ministro do Ambiente marcam, depois, o encerramento dos trabalhos.

A conferência tem inscrições gratuitas a decorrer em www.aml.pt ou em www.mun-setubal.pt.

Comentários

- Pub -