Cova da Piedade derrotado em Mafra

15
visualizações

O Cova da Piedade perdeu na sua deslocação a Mafra por 1-0, com um golo sofrido de penalti (54’) e ficou com as contas da manutenção mais complicadas.

- Pub -

Neste jogo, relativo à 31.ª jornada da II Liga, o facto mais relevante foi o regresso às vitórias do Mafra que quebrou assim um jejum que perdurava desde 28 de Janeiro.

A precisarem de pontos para fugir à despromoção, as duas equipas entraram no Municipal de Mafra ao ataque. No primeiro canto do encontro, Willyan atirou rente ao poste de Godinho e, na resposta, Bruno podia ter marcado para o Mafra, mas o cabeceamento saiu ao lado.

Por volta dos 10 minutos foi novamente o Cova da Piedade a criar perigo, com Godinho a opor-se bem a um remate de Stanley. O Mafra cresceu no último quarto de hora e Flávio desperdiçou uma boa oportunidade chegando atrasado a um cruzamento milimétrico de Zé Tiago, que levava o selo de golo.

Nos últimos cinco minutos do primeiro tempo, Hugo Firmino deixou as mãos do guarda-redes adversário ‘a arder’ na marcação de um livre directo. E, ainda antes do intervalo Harramiz num remate de cabeça atirou para defesa de Anacoura.

Na 2.ª parte a equipa da casa entrou mais empenhada em chegar ao golo que veio realmente a acontecer na conversão de um penalti cobrado por Bruno (54’), a punir falta cometida na área sobre Flávio.

Em vantagem no marcador, a equipa de Mafra não desceu as suas linhas, mas baixou o ritmo de jogo. Flávio, em tarde de desacerto, esteve perto de fazer o 2-0 mas no último quarto de hora quem mandou no jogo foi o C. Piedade que apostou tudo no ataque, sem tirar contudo grande proveito disso porque a equipa de Nuno Capucho, muito compacta a defender, segurou a vitória, que lhe escapava há três meses.

 

Clube não autorizou Sub-23 a jogar no seu estádio

O encontro que a equipa de Sub-23 deveria realizar no passado sábado, às 11h 15m, com o V. Setúbal, para a 6.ª jornada da segunda fase da Liga Revelação, foi adiado para as 16 horas, do mesmo dia, no Estádio Alfredo da Silva, no Barreiro, em virtude do clube não autorizar a SAD a utilizar o Estádio Municipal José Martins Vieira.

“Foi decidido não permitir a utilização do estádio para os jogos dos sub-23 enquanto não assinarem o protocolo ou fizerem um pedido formal para utilização das instalações”, disse o presidente do Cova da Piedade, Paulo Veiga.

A SAD que diz ter sido “apanhada de surpresa”, em comunicado agradece a “compreensão da FPF e a disponibilidade do Vitória Futebol Clube e Grupo Desportivo Fabril” na resolução do problema.

O jogo terminou com a vitória da equipa sadina, por 2-1.

 

José Pina

Comentários

- Pub -