Moita e Viana do Alentejo revivem tradições ancestrais na Romaria a Cavalo

36
visualizações
Fotografia: Arsénio Franco

A Romaria Moita – Viana do Alentejo já percorre montes e vales para mais um ano de devoção e homenagem a tradições ancestrais. A chegada a Viana está prevista para dia 28, pelas 17h00

- Pub -

 

 

A 19º Romaria a Cavalo Moita – Viana do Alentejo iniciou viagem na manhã do dia 24. Pelas 8h00 romeiros e cavaleiros preparavam a partida do Pavilhão Multiusos da Moita, prontos para enfrentar dias de intempérie ou o sol inclemente das tapadas do Alentejo.

Diante da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira desta romaria lado-a-lado com Nossa Senhora D’Aires, Miguel Almeida da Associação de Romeiros da Tradição Moitense, agradeceu a presença de romeiros “vindos de norte a sul do país e que todos os anos mantêm a coragem para acompanhar esta aventura, independentemente dos obstáculos”. Uma tradição ancestral onde os participantes seguem por caminhos escondidos das auto-estradas “movidos pela fé”.

Rui Garcia, presidente da Câmara Municipal da Moita, celebrou também a força e a coragem dos romeiros que enfrentaram para seguir viagem numa tradição que a Moita realiza à quase vinte anos, “mas tem raízes centenárias, inspiradas nos lavradores da região que, no passado, faziam este percurso para agradecer as boas colheitas a Nossa Senhora da Boa Viagem e Nossa Senhora D’Aires”.

Hoje a romaria acontece num contexto diferente. Já não são apenas os lavradores que percorrem vales e montes por devoção. “Existe a fé, claro, que move os nossos romeiros, mas existe também uma forte vertente lúdica e de promoção turística associada a este evento”, esclarece Rui Garcia.

Uma tradição que se mantém, “graças ao seu espírito inovador que permite à romaria continuar a renovar gerações de participantes”, que não são apenas nacionais, “vêm também de Espanha e França”.

Como mensagem para os romeiros, nestes cinco dias de aventura que terminam no próximo Domingo, Rui Garcia espera que “enfrentam com a bravura de sempre o tempo invernoso e que o percurso esteja à altura das suas expectativas, com a sua já reconhecida beleza”.

 

Viana do Alentejo espera romeiros em festa

 

Bernardino Pinto, vice-presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, incentivou a coragem dos participantes com o pregão “romaria molhada, romaria abençoada”.

Sobre a continuidade da tradição, Bernardino Pinto comenta que apenas é possível pelo “trabalho realizado em conjunto com a Moita, para que a cada ano o evento cresça e seja melhor”.

Um crescimento que permitiu fazer crescer a romaria de um evento “apenas com carácter religioso que hoje mantém um cariz equestre, para além de turística muito forte, de porte nacional”, refere Bernardino Pinto.

A todos os romeiros o autarca de Viana do Alentejo deseja “uma boa viagem, bem acompanhada, de olhos postos no bem-estar dos animais. E com toda a certeza teremos uma grande romaria, que vamos receber no fim com Viana do Alentejo em festa”.

 

Comentários

- Pub -