Nova fábrica de papel de Setúbal parada no primeiro de 4 dias de greve

111
visualizações

A nova fábrica de papel ATF (About The Future) de Setúbal, do grupo Navigator Company, “está completamente parada” devido à greve de cerca de 300 funcionários, disse hoje fonte da Comissão de Trabalhadores à agência Lusa.

- Pub -

“A nova fábrica está completamente parada devido à greve iniciada hoje e que termina na próxima terça-feira. A outra fábrica da Navigator Company em Setúbal, que tem alguns trabalhadores da ATF, também tem algumas máquinas a funcionar a meio-gás”, disse Diogo Marques, da Comissão de Trabalhadores, à agência Lusa.

“Vamos esperar que a administração nos diga alguma coisa até ao final da greve. Caso contrário vamos convocar um novo plenário para os trabalhadores decidirem o que fazer, uma vez que as propostas apresentadas anteriormente pela administração estavam longe de corresponder às nossas reivindicações”, acrescentou.

De acordo com a Comissão de Trabalhadores, os trabalhadores exigem um aumento salarial de 3%, com um mínimo de 30 euros para cada trabalhador, e o fim da discriminação salarial face a trabalhadores de outras empresas do grupo com as mesmas funções, que recebem salários superiores.

A ATF, segundo a Comissão de Trabalhadores, oferecia um aumento salarial de 2%, sem o mínimo de 30 euros exigido pelos funcionários da nova fábrica de papel.

A nova fábrica ATF, da Navigator Company, está instalada ao lado da outra unidade industrial do grupo português, na península da Mitrena, em Setúbal.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da Navigator disse que a empresa não comenta.

Lusa

Comentários

- Pub -