Época balnear arranca mais tarde mas com novidades

772
visualizações

Dificuldade de colocação de nadadores-salvadores atira abertura para dia 15. Nova ponte-cais no Portinho, Comenda arranjada e Albarquel com passeio pedonal dão maior mobilidade

 

- Pub -

 

A época balnear nas praias da Serra da Arrábida arranca este ano quinze dias mais tarde que no ano passado. De acordo com a proposta de portaria que vai fixar a época balnear em 2019, o início da vigilância nas praias com a presença obrigatória de nadadores salvadores está agendado para 15 de junho, ao contrário do ano passado, quando a assistência a banhistas começou no dia um de junho. O encerramento está programado para 16 de setembro.

De acordo com fonte oficial da autarquia, esta alteração da data deve-se à dificuldade da colocação de nadadores salvadores nas praias do concelho. “Tradicionalmente, a época balnear no concelho de Setúbal inicia-se sempre a 15 de junho. O ano passado iniciou-se mais cedo devido ao arranque da Campanha “Arrábida sem Carros” e a pedido dos concessionários. Contudo dada a dificuldade de garantir as condições de contratação de nadadores-salvadores o que se verificou é que apesar do início no ano passado ter sido mais cedo, a maioria das concessões de praia não o fizeram por ausência do número de nadadores-salvadores necessários à abertura efectiva das praias”, refere fonte oficial do gabinete da presidência.

Este ano é esperada uma maior afluência às praias devido principalmente à entrada em vigor do passe de autocarro Navegante Metropolitano que permite a que população de toda a Área Metropolitana de Lisboa aceda às praias da Arrábida sem custos adicionais. A autarquia espera assim “dar prosseguimento ao programa iniciado o ano passado, Arrábida sem Carros, continuando o reforço na segurança das pessoas e na aposta do uso do transporte público para o acesso às praias”.

Haverá assim um reforço de transportes públicos, a melhoria da segurança dos peões através da colocação de pilaretes naturalizados ao longo da estrada entre a Figueirinha e Creiro, mas também um novo passeio pedonal até a Praia da Albarquel que deve estar concluído antes do verão e que permite à população deslocar-se a pé até esta praia onde haverá novo saneamento básico.

A requalificação do Parque da Comenda, o reforço no controlo dos acessos à praia de Albarquel e Portinho da Arrábida, a gestão regular do Parque de Estacionamento do Creiro, a concretização da candidatura ao programa “Turismo Acessível” nas praias de Albarquel e Figueirinha e o investimento na disponibilidade de modos suaves nas deslocações às praias são outras das novidades para este verão na Arrábida.

No Portinho da Arrábida, com a entrada em funcionamento da ponte-cais, a autarquia espera “uma maior procura da náutica de recreio e possibilita-se novas formas de acessibilidade às praias via mar”.

A nova proposta para a época balnear contempla ainda uma nova praia com vigilância em Tróia. Será na Praia dos Pinheirinhos, junto ao eco resort da Sonae e com acesso pedonal a cerca de 800 metros pela praia. Grândola passa agora a ter onze praias com vigilância, entre Melides e Tróia.

Comentários

- Pub -