25 de Abril sempre!

7
visualizações
Francisco Ramalho – Ex-bancário, Corroios

O 25 de Abril é um daqueles assuntos que dá pano para mangas. Há os que pura e simplesmente, por questões ideológicas, estão contra ele, e outros, por influência dos primeiros, também dele discordam ou pensam que  discordam. E mesmo os que com ele concordam, veem-no  sob os mais diversos prismas. Vejamos os mais antagónicos.

- Pub -

Há quem considere que valeu a pena porque acabou com a guerra colonial, a censura, a PIDE, a repressão , e instaurou a liberdade. Mas, passados todos estes anos, como já pouco mais resta que a liberdade (o que já não é nada pouco!),o sonho de um país justo, progressista e desenvolvido, quase não passou disso mesmo, de um sonho. Os ideais de Abril feneceram e os cravos murcharam.

E há os que acham que se é verdade que os cravos murcharam, que muitas conquistas se perderam, que os monopólios se refizeram e as assimetrias sociais aumentaram, também é verdade que a liberdade e os ideais de Abril se mantêm. Os cravos murcharam, mas não secaram. Por isso, tal como retrocedemos, podemos e devemos retomar a marcha revolucionária que iniciámos há 45  anos.

Estes, têm razão. A dignidade, os mais novos e as gerações futuras, jamais nos perdoariam se desistisse-mos dos nobres ideais do 25 de Abril. Se fechássemos, como disse Ary, as portas que Abril abriu.

Portanto, 25 de Abril sempre!

Comentários

- Pub -