Muusa Dama (Galitos Barreiro) foi o vencedor do concurso de afundanços

6
visualizações

Os campeonatos nacionais de basquetebol estiveram parados no passado fim-de-semana devido à realização da festa do basquetebol juvenil que todos os anos por esta altura tem lugar em Albufeira, onde se reúnem largas centenas de atletas de todas as regiões do país.

- Pub -

 

O evento, que é considerado o mais importante que se realiza no nosso país, conta com a participação das selecções distritais que disputam um torneio nas categorias de sub14 e sub16, masculinos e femininos, para além dos jogos All-Star (onde marcou presença Diogo Ventura, do Galitos) e dos habituais concursos de triplo e afundanços que fazem as delícias dos adeptos da modalidade.

 

E aqui, há a salientar o facto do vencedor dos afundanços ter sido

Muusa Dama, jogador do Galitos Barreiro, depois de completar 73 pontos junto do júri, numa final que foi disputada frente a Micah Downs (Benfica) onde o atleta do Galitos protagonizou um momento apoteótico ao contar com a colaboração de dois jovens vindos da bancada e de Sabri Lucas, conhecido actor, que foi uma das várias personalidades famosas que marcaram presença no espectáculo.

 

De referir será também a participação Maianca Umabano (GDESSA Barreiro) na final do concurso de triplos femininos que foi ganho por Sara Djassi, da União Sportiva.

 

Jogos do próximo fim-de-semana

 

No próximo fim-de-semana as competições estão de volta. A primeira equipa a entrar em acção é o GDESSA que defronta esta sexta-feira, às 16 horas, no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho o Olivais de Coimbra no primeiro jogo das meias-finais do playoff da Liga Feminina, que será disputado à melhor de três.

 

No sábado, dia 20 de Abril, pelas 16 horas, será a vez de o Galitos defrontar também no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, o Illiabum em jogo relativa à 6.ª jornada do Grupo B da Liga Portuguesa.

 

Também no sábado, mas às 16h 30m, joga o Barreirense para o Campeonato da Proliga em S. João da Madeira, onde joga no Pavilhão Paulo Pinto com a Sanjoanense.

 

Alterações nos modelos competitivos 

 

A Federação Portuguesa de Basquetebol já anunciou as mudanças no modelo competitivo e de aces­so à Liga Portuguesa na época 2019/2020 e consequentes alterações nos campeonatos da Proliga e 1.ª Divisão Nacional, alterações que estão relacionadas com a candidatura (aceite) do Sporting à Liga.

Além deste motivo, já se encontrava em processo a passagem da Proliga para 12 clubes – será disputada apenas numa série. Estas alterações têm implicações em todos os níveis competitivos.

Assim, na Liga, no final desta época, será apenas despromovida uma equipa, já que a prova, na próxima temporada, terá, excepcionalmente, 14 formações.

Às 11 que vão transitar desta temporada vai juntar-se o Sporting e os dois conjuntos promovidos da Proliga.

Neste escalão, o segundo do basquetebol nacional, serão despromovidos os três piores classificados do Grupo B.

A reestruturação dos quadros competitivos masculinos “me­xe”, também, com a 1.ª Divisão Nacional, uma vez que apenas vão descer cinco equipas em vez das seis que estavam inicialmente previstas.

 

Comentários

- Pub -