Futuros projectos dominam aniversário do Palmelense

13
visualizações

O Palmelense assinalou 95 anos e em noite de aniversário o presidente do clube deu a conhecer os futuros projectos, que envolvem investimentos de mais meio milhão de euros

 

- Pub -

 

O aniversário do Palmelense foi comemorado em clima de festa e união, que reuniu mais de duas centenas de pessoas, na sala de eventos da Sociedade Filarmónica “Os Loureiros”.

O presidente João Paulo Santos viu-se rodeado de adeptos e representantes de instituições, em que o Pinhalnovense marcou presença pela primeira vez numa demonstração de parceria que promete dar frutos no futuro. O dirigente palmelense, que assumiu funções em 2015, conseguiu transformar o pelado em dois relvados sintéticos no Cornélio Palma, que passou a ser património do clube e onde “se investiu um milhão de euros” destacou.

Os projectos vão continuar, anunciou e os investimentos “irão contemplar obras em cerca de meio milhão de euros” com obras que se reflectem na “construção de uma caldeira de água, numa nova sede no Cornélio Palma, mais balneários, uma pista de atletismo e de  lançamentos, um campo de futebol de 5 coberto e nova  iluminação led para reduzir os custos de energia”.

O Palmelense tem neste momento 15 equipas em competição com 272 atletas federados, treinadores certificados e uma escola de formação com mais de 300 miúdos. João Paulo Santos lembra “somos o 7º clube do distrito e o maior do concelho a nível de atletas federados”.

Mas o presidente palmelense quer ir mais longe e acredita que quando “assinalarmos o século do nosso clube queremos estar a disputar o campeonato da segunda liga nacional”.

Contributo notável no desporto

O dinamismo dos dirigentes do Palmelense é reconhecido pela câmara e pela Junta de Freguesia de Palmela, com o presidente Jorge Mares a destacar “nunca aconteceu um dinamismo destes e os dirigentes do Palmelense têm toda a legitimidade para serem ambiciosos” e prometeu todo o apoio porque “este clube é a referência da nossa terra e eu acredito no seu trabalho”.

Para o vereador do Desporto, Luís Calha, o Palmelense “tem dado um contributo notável no desporto, onde todos estão imbuídos do mesmo espírito de apoio garantindo que o clube tem presente e um futuro promissor no envolvimento da comunidade”.

O autarca destaca o “aglutinar de forças e de vontades que semearam as plantas que germinaram e deram origem a um caminho partilhado com a câmara com a sua visão estratégica e de futuro”.

Luís Calha congratulou-se com “o espírito de união e registo a presença do presidente do Pinhalnovense, pois não faz sentido que o movimento associativo esteja de costas voltadas” e deixou “uma palavra de incentivo e confiança para continuarem a desenvolver a envolvência dos associados em torno do Palmelense”.

Também o presidente da AFS, Francisco Cardoso, realçou “gostei muito da presença do Pinhalnovense, porque  como disse o presidente António Sousa a causa é a mesma e no distrito temos que trabalhar mais em parceria”.

Nas comemorações de aniversário foram distinguidos os sócios com 25 e 50 anos e as crianças estiveram em destaque com momentos de dança e habilidades dos pequenos craques.

Comentários

- Pub -