«Vamos entrar na Luz para nos divertirmos e ganharmos»

12
visualizações

Após o triunfo sobre o Marítimo, avançado Berto já pensa no duelo de domingo com o Benfica

 

- Pub -

Depois de subir três posições na classificação graças ao triunfo obtido anteontem na recepção ao Marítimo, por 1-0, o Vitória FC ganhou novo fôlego para enfrentar as seis jornadas que restam até ao final da edição 2018/19 da I Liga. Quem o garante é o avançado Berto que reconheceu a importância de a equipa ter somado os três pontos diante do conjunto madeirense.

“Foi uma vitória muito importante para nós. Trabalhámos muito para conseguir esta vitória, que é de toda a equipa, ‘staff’ e dos adeptos. Estamos muito contentes e vamos já começar a pensar no próximo jogo”, disse aos jornalistas após o final do encontro depois de ter estado com o colega Jhnoder Cádiz, autor do golo do triunfo sobre o Marítimo, a conviver com crianças da formação de ‘O Grandolense’.

O adversário no próximo domingo (20 horas), na partida que encerra a 29.ª jornada, é o líder Benfica, clube onde Berto fez grande parte da sua formação como futebolista. Por esse motivo, o atacante não esconde que será um momento especial. “Fiz uma formação muito longa e bonita no Benfica. Jogar no Estádio da Luz vai ser muito bom para mim e para a minha família”, admitiu o atleta de 23 anos.

Apesar do favoritismo recair quase totalmente sobre as águias, que na primeira volta do campeonato ganharam em Setúbal por um tangencial 1-0 (golo de Jonas), Berto assegura que os verde e brancos vão a Lisboa com o objectivo de surpreender os encarnados. “Vamos entrar na Luz para nos divertirmos e ganharmos porque é dessa forma que o Vitória joga sempre. No final, veremos qual será o resultado”.

O jogador, que soma cinco golos em 26 partidas oficiais pelo Vitória, recusa a ideia de a equipa estar agora mais tranquila pelo facto de ter conseguido dois êxitos consecutivos. “Não podemos estar tranquilos. Temos ainda seis finais pela frente e vamos encará-los todos dessa forma. Não vamos estar tranquilos porque as outras equipas envolvidas na luta pela permanência também não querem descer. Todos os jogos são importantes para nós”.

Nuna altura em que muitas equipas andam de calculadora na mão, o Vitória soma agora 31 pontos. Questionado sobre a fasquia que é necessário atingir para assegurar a permanência, Berto é peremptório. “A equipa não pensa nisso. Entramos em cada jogo para ganhar e unidos. Com a força dos nossos adeptos só pensamos na vitória, no final, faremos as nossas contas”, vincou.

A finalizar, o avançado, que tem no seu percurso passagens pelo futebol polaco e inglês, fez questão de sublinhar a importância dos adeptos nos desfechos positivos alcançados pela equipa, bem como nas partidas que restam até ao final da prova. “Têm sido muito importantes. Seja em casa ou fora, têm-nos apoiado sempre e nós sentimos isso. Também por essa razão, temos dado tudo em campo. Dedicamos esta vitória a eles”.

Semedo falha duelo com águias

Depois da folga concedida ontem ao plantel, o treinador Sandro Mendes começa hoje a preparar o encontro de domingo com o Benfica, a contar para a jornada 29 da I Liga. No Estádio da Luz, o técnico já sabe que não vai poder contar com o contributo do médio José Semedo, que viu cartão amarelo (completou uma série de nove) com o Marítimo e vai por isso cumprir um jogo de castigo.

Em perigo de exclusão estavam também os defesas Mano, Vasco Fernandes e André Sousa, o médio Nuno Valente e os avançados Berto e Mendy (este último não defrontou o Marítimo por estar lesionado), tendo todos eles passado incólumes à acção disciplinar do árbitro portuense Manuel Oliveira. Por lesão, quem também se junta a José Semedo no lote de indisponíveis é André Pedrosa, Mikel Agu e Alex Freitas. Sílvio, que é amanhã reavaliado, permanece em dúvida.

 

Comentários

- Pub -