Quarteto sadino leva alegria à Casa do Gaiato de Setúbal

24
visualizações

Jogadores proporcionam dia diferente aos jovens daquela instituição de solidariedade social

Uma comitiva do Vitória FC, constituída, entre outros, pelos jogadores do plantel profissional de futebol Artur Jorge, Nuno Valente, Zéquinha e Berto, visitaram ontem ao final do dia a Casa do Gaiato de Setúbal proporcionando um convívio com os jovens daquela instituição.
A visita foi especial para o avançado Berto, que teve a oportunidade de regressar a um local onde viveu cinco anos. O atacante esteve entre os oito e 13 anos de idade na Casa do Gaiato, onde deu os primeiros pontapés na bola e começou o sonho pelo futebol.
Antes da deslocação ao estabelecimento, Artur Jorge, Nuno Valente, Zéquinha e Berto participaram no treino às ordens de Sandro Mendes, que continuou a preparar a estratégia para a partida de domingo, 15 horas, no Estádio do Bonfim, frente ao Marítimo, a contar para a 28.ª jornada da I Liga. Motivados pelo triunfo alcançado segunda-feira no reduto do Feirense, por 1-0, os sadinos só pensam em dar continuidade ao êxito diante dos madeirenses.
Cádiz convoca adeptos
O avançado Jhonder Cádiz, autor do golo do triunfo na Feira, afirma que não interessa quem venha a marcar no Bonfim, importante é que a equipa ganhe. “Se não for eu a fazer o golo pode ser qualquer colega meu. Importante é a equipa celebrar os três pontos”, vinca, deixando uma palavra de gratidão e um apelo aos vitorianos. “Tal como aconteceu na Feira, em que foram extraordinários, contamos com o apoio dos nossos adeptos para vencer”.
O venezuelano, de 23 anos, que fez sete dos 21 golos sadinos no campeonato, tem sido determinante na equipa esta época. Além de ser autor de um terço dos golos, outro dado que ilustra a dependência no atacante é o facto de nas últimas 10 jornadas ter sido o único a marcar (cinco vezes). “A equipa tem muita confiança em mim e sabe que estou a passar por um bom momento. Estar bem é bom para todos porque estamos juntos nesta caminhada”.
Apesar de o Vitória estar a actuar há várias jornadas com vários jogadores em perigo de exclusão, a equipa tem passado incólume às suspensões. Nesta situação estão Mano, Vasco Fernandes, José Semedo, André Sousa, Berto e Mendy que voltaram a não ver o cartão amarelo e vão poder dar o contributo à equipa frente ao Marítimo. Refira-se que Nuno Valente e Jhonder Cádiz foram os jogadores advertidos na partida com o Feirense, tendo ambos sido multados pelo Conselho de Disciplina em 96 e 77 euros, respectivamente.
Benfica-Vitória joga-se a 14 de Abril
Entretanto, a Liga Portugal já anunciou os horários referentes aos encontros das jornadas 29 e 30 do campeonato. Depois da partida de domingo com o Marítimo, o Vitória irá defrontar na ronda seguinte (29.ª) o Benfica, no Estádio da Luz, no domingo seguinte, ou seja, 14 de Abril, pelas 20 horas. Na 30.ª jornada, que antecede o domingo de Páscoa em que não havrerá jogos, os sadinos defrontam a 19 de Abril (sexta-feira), pelas 15:30 horas, no Bonfim, o Portimonense.

Comentários

- Pub -