Empadas brasileiras ‘saltam’ de Setúbal para shoppings de todo o país

111
visualizações

O restaurante de comida brasileira Casa da Zazá, na Baixa setubalense, vai expandir-se para várias cidades do país com restaurantes, bicicletas de rua e quiosques franchisados

 

- Pub -

 

 

 

A expansão do restaurante de comida luso-brasileira Casa da Zazá, que abriu na Baixa de Setúbal em 2017, vai fazer-se principalmente através dos centros comerciais da Sonae Sierra, do grupo Sonae, como o CascaisShopping (com uma foodbike) e o NorteShopping (com um quiosque), entre outros, anunciaram os proprietários do negócio a O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO.

 

Fora dos centros do grupo a Casa da Zazá deverá chegar também à cidade do Porto, com a presença de duas foodbikes na Baixa; a Braga, no centro comercial Nova Arcada; e a Lisboa, com quatro foodbikes ao pé de locais turísticos e outros espaços na zona do Saldanha. Setúbal está também no mapa de possíveis aberturas, além do restaurante que funciona na Baixa.

 

“Decidimos expandir [o negócio] porque começámos a ter muitas visitas de clientes de outras cidades, e pensámos na maneira mais viável de estarmos presentes em vários pontos do país”, explicou João Franco, sócio do projeto em conjunto com Victor Souza. Os dois estão confiantes de que a presença da Casa da Zazá nos centros comerciais, com “comida de óptima qualidade”, será uma “mais-valia” para os clientes.

 

Nos novos restaurantes, bicicletas de rua e quiosques franchisados o público poderá encontrar uma oferta maior do que aquela que existe actualmente na Casa da Zazá na Baixa, que neste momento tem 15 sabores de empadas doces e salgadas e menus de almoço a preços acessíveis, além de bebidas. “Vamos chegar a 25 sabores” de empadas, disse João Franco, acrescentando que terão também “pão de queijo, folhados, bolos e tortas”, assim como outros menus.

 

João Franco e Victor Souza chegaram a Setúbal em 2017 e começaram a vender empadas brasileiras doces e salgadas com uma foodbike, a pedalar pela Baixa. No mesmo ano, abriram na Rua Arronches Junqueiro o primeiro restaurante, que ao fim de dois anos se expandiu para um segundo espaço na Rua Álvaro Castelões, número 45, onde funciona actualmente, e é o único. Agora, preparam-se para levar as empadas brasileiras a todo o país.

Comentários

- Pub -