Autarquia dá apoio financeiro para as vítimas do ciclone Idai

23
visualizações

O Seixal está geminado há mais de 20 anos com a Província de Sofala, que tem como capital a Cidade da Beira. Uma relação que motivou mais ainda o apoio financeiro às organizações que estão no tereno a ajudar as vítimas do ciclone Idai

 

- Pub -

A Câmara do Seixal vai conceder um apoio financeiro no valor de 12 mil euros às entidades que estão em Moçambique a ajudar as vítimas do ciclone Idai que devastou mais de 90% da cidade. No terreno estão a Cruz Vermelha Portuguesa, Fundação AMI e as Organizações não Governamentais para o Desenvolvimento Oikos e Helpo.

Ao sentimento solidário, refere a autarquia que há uma maior proximidade com Moçambique uma vez que “está geminado há mais de 20 anos com a Província de Sofala, de que é capital a Cidade da Beira”.

Para além deste apoio financeiro, a Câmara do Seixal irá promover uma campanha de recolha de alimentos não perecíveis e medicamentos num concerto solidário, no âmbito do Março Jovem, “que se pretende que seja um momento de solidariedade da população e em particular dos jovens do concelho para com Moçambique”, cita a autarquia.

O concerto contará com a actuação dos HMB e acontece sábado na Arena Multiusos da Aldeia de Paio Pires, pelas 22h00.

“Os bens recolhidos serão encaminhados para Moçambique através das entidades oficiais nacionais, estando o município a articular esta situação com o Instituto Camões da Cooperação e da Língua Portuguesa”.

Comentários

- Pub -