Olímpico do Montijo recebe Louletano e Pinhalnovense joga nos Açores

46
visualizações

A 27.ª jornada do Campeonato de Portugal que se disputa no próximo domingo vai ficar incompleta porque há um jogo adiado para o dia 25 de Abril, precisamente o Sacavenense – Amora.

- Pub -

As razões do adiamento não foram divulgadas mas é muito natural que tenham a ver com a chamada de três jogadores do Amora à selecção dos seus países.

Geraldo Matsimbe e Bruno Langa que irão representar Moçambique no jogo decisivo com a Guiné Bissau, na fase de qualificação para o CAN 2019 e Christophe Nduwagira que se encontra ao serviço da selecção do Burundi que defronta o Gabão para a mesma competição. Os jogos realizam-se, ambos, no sábado, dia 23 de Março.

Olímpico é favorito, mas…

O Olímpico do Montijo, que no domingo passado foi empatar a Moura num jogo em que desperdiçou uma grande penalidade que lhe poderia ter dado a vitória, recebe o Louletano, que se encontra mesmo à beira da linha de água.

Considerando a posição das duas equipas na tabela classificativa, parece não restarem dúvidas que o fiel da balança pende muito mais para o lado da equipa do Montijo, que tem mais sete pontos que o seu adversário. Contudo, há que ter em conta também que a formação algarvia se vai apresentar no Campo da Liberdade altamente moralizada pela vitória que alcançou na jornada anterior sobre o Praiense.

A jogar em casa perante o seu público, a equipa de David Martins vai com toda a certeza dar o máximo na procura da vitória mas toda a cautela é pouca porque vai defrontar uma equipa que marca poucos golos e apenas ganhou uma vez na condição de visitante mas também aquela que mais empates alcançou no terreno do adversário (7).

Pinhalnovense à procura da surpresa

Muito mais dificuldades vai ter certamente o Pinhalnovense que se desloca aos Açores para defrontar na Ilha Terceira, na cidade da Praia da Vitória, nada mais, nada menos, que o comandante da Série, o Praiense, que lidera a competição com oito pontos de vantagem sobre o segundo classificado.

A equipa açoriana, que foi surpreendida na jornada anterior em Loulé, vai querer recuperar os pontos perdidos para poder confirmar o seu estatuto de líder nesta caminhada para o play off e na verdade o histórico dos jogos realizados em casa joga claramente a seu favor, com dez vitórias e apenas dois empates.

Até ao momento ainda ninguém conseguiu ganhar no Municipal da Praia da Vitória, será o Pinhalnovense capaz disso? Pela lógica não parece muito viável, mas como a bola é redonda e em campo vão estar 11 jogadores de cada lado, tudo pode acontecer. Mas, para isso os seus jogadores precisam de ter a pontaria mais afinada do que tiveram no passado domingo, em Massamá.

Comentários

- Pub -