Mikel Agu espreita regresso ao onze dois meses depois

10
visualizações
Mikel Agu (E) do Vitória de Setúbal disputa a bola com Tocantins do Estoril durante o jogo do da Primeira Liga de Futebol, disputado no Estádio do Bonfim, Setúbal, 9 de dezembro de 2016. RUI MINDERICO/LUSA

Provável castigo de José Semedo abre espaço para a inclusão do nigeriano no meio-campo diante do Feirense

 

- Pub -

Quase dois meses depois de ter dado pela última vez o seu contributo ao Vitória FC, o médio Mikel Agu, depois de debelar uma lesão muscular, deverá estar de regresso à competição na próxima jornada frente ao Feirense. Na partida de 1 de Abril (segunda-feira), referente à 27.ª jornada, o nigeriano perfila-se, caso o Conselho de Disciplina confirme um jogo de suspensão a José Semedo, como escolha natural para colmatar o lugar do colega no meio-campo.

Recorde-se que José Semedo era para ter cumprido um jogo de suspensão no passado sábado com o Braga. A punição do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, por ter batido com o braço na cara do avançado Tomané na jornada anterior, na partida com o Tondela, só não foi cumprida com os bracarenses porque o Vitória apresentou recurso na sexta-feira, dia em que o clube tinha sido notificado do castigo.

Como o castigo só passa a efetivo depois de se extinguir o período de recurso (cinco dias), ou seja, depois de a decisão transitar em julgado. O emblema sadino recorreu da decisão para o plenário do Conselho de Disciplina, que se deve pronunciar muito em breve. Os responsáveis do clube não acalentam esperanças em relação à anulação do castigo, devendo mesmo ser confirmado um jogo de suspensão a José Semedo que assim falha a partida na Feira.

Posto isto, fica via aberta para Mikel Agu, que actuou pela última vez a 3 de Fevereiro, dia em que o Vitória foi empatar (0-0) à Madeira com o Nacional. Há seis jornadas sem fazer jogos oficiais, o atleta cedido pelo FC Porto pode amanhã, a partir das 11 horas, no teste que os sadinos vão realizar no Bonfim com o Estoril, ganhar ritmo e mostrar ao treinador Sandro Mendes que está em condições de voltar a jogar.

Sem os internacionais Makaridze (Geórgia), Jhonder Cádiz (Venezuela) e Mendy (Guiné Bissau), o plantel continua hoje de manhã a preparar-se para o importante jogo com o Feirense, actual último classificado da prova. A oito jornadas do final da prova, os comandados de Sandro Mendes, que estão em igualdade pontual (25 pontos) com a primeira equipa que está abaixo da linha de água (Tondela), estão conscientes da necessidade de conseguir somar os três pontos.

Diego suspenso por 22 dias e multado em 2869 euros

Expulso do banco suplementar do Vitória na partida de sábado com o Braga, Diego Silva, treinador adjunto e antigo guarda-redes dos sadinos, foi suspenso por 22 dias e multado em 2869 euros por protestos no encontro com os minhotos, informou o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol no Comunicado oficial número 219, emitido anteontem na página oficial da Liga.

A justificação foi dada no documento, que considera que Diego “lesou a honra e a reputação da equipa de arbitragem” ao proferir, “enquanto gesticulava e gritava efusivamente”, as seguintes palavras: “Viste esta falta e não a quiseste assinalar. É uma vergonha”, lê-se no relatório do árbitro da Associação de Futebol de Braga Manuel Mota.

Escola de Aranguez visitou Bonfim

Entretanto, no âmbito da política de aproximação do clube à cidade, o Estádio do Bonfim, recebeu ontem a visita de um grupo de alunos da Escola Básica 2/3 de Aranguez. Além de terem tido a oportunidade de ficar a conhecer as instalações do clube, os jovens estudantes ficaram a conhecer melhor a história do Vitória, bem como conhecer alguns dos seus troféus mais emblemáticos que estão em exposição na sala de imprensa do estádio.

 

Comentários

- Pub -