Dia Mundial da Poesia em destaque nas bibliotecas municipais

33
visualizações

Poesia declamada nas ruas, reflectiva em ilustrações, na música e canto é o foco do programa das comemorações do Dia Mundial da Poesia

 

- Pub -

 

 

As Bibliotecas Municipais do Concelho da Moita celebram o Dia Mundial da Poesia, assinalado a 21 de Março, com iniciativas culturais dirigidas ao público sénior, escolar e à comunidade em geral, através do programa “Maré de Poesia” que desafia a população a ler, ouvir e declamar poesia.

De 19 a 21 o destaque vai para a iniciativa “A Poesia Sai à Rua”, no âmbito da qual um duo de poetas leva a poesia ao comércio local e a outros locais da comunidade banheirense. Uma iniciativa que conta também com a participação dos alunos da Escola Básica nº2 da Baixa da Banheira que integram a Liga dos Livros das Escolas, através de poemas e desenhos que vão dar vida à montra da Biblioteca Municipal da Baixa da Banheira, nas comemorações do Dia Mundial da Poesia.

“Histórias de Colinho e Histórias Soltas e Loucas com ateliê de poesia ilustrada”, também decorre a partir do dia 19 de Março, com término a dia 22. Durante esta iniciativa a Biblioteca de Alhos Vedros embarca em mais uma maré de poesia, desafiando as escolas da freguesia para uma ilustração colectiva a partir do poema “Todas as crianças da terra”, de Sidónio Muralha. Um ateliê com espaço para ilustrar, ler, ouvir e brincar com a poesia, dedicado aos alunos dos jardins-de infância e escolas básicas do 1º ciclo.

No dia 20 de Março, “Está na Hora da Leitura: Vamos Ler com os Avós”, surge como projecto dedicado à promoção da leitura nos lares de idosos, tendo como destinatários os utentes do Lar Nossa Senhora da Boa Viagem, em Sarilhos Pequenos.

A par das iniciativas apresentadas, destaque ainda para a apresentação do Coro de Leitores no dia 21, pelas 10h00, na Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, com a participação da Tuna da UNISEM – Universidade Sénior da Moita, das Bibliotecas Escolares da Moita e Biblioteca Escolar da EB 2,3 Fragata do Tejo.

Comentários

- Pub -