Olímpico, Pinhalnovense e Amora com jornada altamente proveitosa

14
visualizações

A 21.ª jornada do Campeonato de Portugal foi altamente proveitosa para as equipas da região porque todas venceram. O Olímpico do Montijo derrotou o Casa Pia (3-2), o Pinhalnovense goleou o Redondense (5-1) e o Amora foi ganhar a Moura (1-0).

 

- Pub -

No Campo da Liberdade, no Montijo, jogava-se o “jogo da jornada” que correspondeu plenamente ao que dele se esperava. O Olímpico do Montijo com uma exibição muito bem conseguida foi para o intervalo a vencer por 3-0 e com mais um jogador em campo devido à expulsão de Roncatto, aos 39 minutos.

Beto, que bisou na partida, abriu o activo aos sete minutos concluindo da melhor forma um cruzamento efectuado do lado esquerdo, depois foi Hélio Roque de grande penalidade a fazer o 2-0 quando estavam decorridos 23 minutos e aos 36 surgiu o terceiro golo, que foi o segundo da conta pessoal de Beto. Logo a seguir Roncato é expulso e as coisas tornaram-se muito complicadas para os casapianos.

Na segunda parte o Olímpico teve oportunidade para dilatar a vantagem mas não conseguiu e o Casa Pia, que jogava em inferioridade numérica, no espaço de dois minutos reduz para 3-2, por Bandarra (60’) e Kikas (62’). A equipa montijense acusou pela negativa os golos e ficou algo nervosa, depois viu-se também privada de um jogador por expulsão de Bruno Jesus (80’) mas conseguiu segurar a vantagem que lhe permitiu conquistar a vitória num jogo que começou a ganhar contornos de goleada e acabou muito perto do empate.

Goleada no Pinhal Novo

No Campo Santos Jorge, o Pinhalnovense construiu o resultado mais dilatado da jornada no jogo que disputou com o “lanterna vermelho”. O avançado brasileiro Diego Zaporo, com quatro golos, (20’, 47’, 57’ e 75’) foi o “homem do jogo”. A equipa alentejana resistiu 20 minutos, altura em que sofreu o primeiro golo e depois ainda conseguiu chegar ao empate (31’) mas Miguel Ângelo com o golo que marcou aos 44 minutos, levou o Pinhalnovense para o intervalo a ganhar por 2-1.

Na segunda parte a superioridade da equipa de Pinhal Novo foi mais acentuada e o marcador foi evoluindo sob a batuta de Diego Zaporo que esteve com a pontaria bem afinada.

Com esta vitória o Pinhalnovense passou a somar 30 pontos que lhe dão o 10.º lugar na tabela classificativa.

Amora regressa às vitórias

De regresso às vitórias está o Amora que foi ganhar a Moura por 1-0 com um golo marcado por Geraldo, de cabeça, na sequência de um livre cobrado do lado direito do seu ataque, por Leo Tomé, após falta cometida sobre Joca junto à linha lateral. O médio moçambicano elevou-se bem na grande área e desferiu um cabeceamento que não deu qualquer hipótese ao guardião contrário, estavam decorridos 70 minutos.

De referir que o Amora fez alinhar nesta partida algumas das suas novas aquisições. Chico Gomes, Leo Tomé, Christophe e Jussane fizeram parte do “onze inicial” e Luís Elói entrou no decorrer da segunda parte.

O jogo, que decorreu de forma equilibrada, acabou assim por ficar decidido, numa questão de pormenor, em lance de bola parada.

Com 35 pontos, o Amora segue agora no quinto lugar da tabela, com menos seis pontos que o segundo classificado.

Comentários

- Pub -