Altice Portugal investe em micro-biblioteca

111
visualizações

O anúncio do início da presidência aberta foi feito pela presidente Inês Medeiros na inauguração da micro-biblioteca Altice Portugal, na Charneca da Caparica. Na Rua de Marco Cabaço, frente ao edifício da União de Freguesias, existe agora uma antiga cabine telefónica que foi transformada num espaço de cultura onde se pode levantar um livro, tal com o numa biblioteca normal, mas “sem formalidades”, diz Pedro Matias, presidente da União de Freguesias da Charneca da Caparica e Sobreda.
Esta ex-cabine telefónica é um investimento da Altice Portugal que respondeu à candidatura da União de Freguesias para instalar duas destas micro-bibliotecas no seu território; a da Sobreda será inaugurada proximamente. “O objectivo é ajudar as pessoas a adquirirem hábitos de leitura”, diz o presidente da União.
Inês Medeiros tem o mesmo conceito deste pequeno espaço que representa a cultura na sua vertente de “troca e partilha”, em que “a leitura não é um acto solitário, mas sim vidas que partilhamos”.
A autarquia aproveitou ainda a ocasião para dizer que esta mini-biblioteca não a faz esquecer que “a Charneca precisa de uma biblioteca municipal”.
Com esta transformação de uma cabine telefónica em espaço de cultura a Altice Portugal já instalou 21 destes pontos, tendo sido o primeiro em Barcelinhos, concelho de Barcelos. “Esta iniciativa começou em 2013, e para além de disponibilizar livros é também uma forma de relembrar as antigas cabines telefónicas”, disse Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal. Sobre estre programa que tem como lema “Levar, Doar e Desenvolver”.

Comentários

- Pub -